Golpes por SMS enganam operadoras

Mobilidade

Os golpes que vão acontecendo tentam contornar os vários filtros em SMS.

O alerta foi deixado pela equipe de investigação e análise da Kaspersky: os cibercriminosos utilizam técnicas para contornar os bloqueios e os filtros das operadoras que tentam evitar golpes por SMS.

Uma destas técnicas envolve trocar caracteres no texto das mensagens para que não possam ser identificadas por filtros e cheguem aos destinatários desejados.

A Kaspersky identificou recentemente duas campanhas de phishing que usam o nome de bancos para chegar até suas vítimas.

Nestas campanhas, acontece uma substituição de caracteres parecidos, como o “i” maiúsculo e o “L” minúsculo.

As mensagens mostram links para sites maliciosos, para que cibercriminosos alcancem dados de cartões de crédito, senhas de banco e Pix.

Diz um analista sênior de segurança da Kaspersky que “as campanhas são golpes tradicionais de phishing financeiro” e adianta ainda que  “esta técnica é usada também em mensagens de phishing por e-mail para burlar os bloqueios de spam”

Nesse sentido, a Kaspersky recomenda “que as operadoras revisem suas regras de detecção tendo como base nosso alerta, pois assim mais cidadãos estarão protegidos”.

 

Read also :