Alerta Kaspersky: Vacinas contra Covid-19 vendidas na Darknet

Segurança

A maioria dos vendedores têm centenas de transações, comunicam-se com os clientes por aplicativos criptografados e solicitam pagamentos em bitcoins.

O mundo inteiro está passando por uma das maiores e mais complexas campanhas de vacinação da história.

Enquanto muitos países ainda priorizam os grupos de alto risco e outros aguardam o recebimento das primeiras remessas da vacina, golpistas e vendedores do mercado clandestino têm trabalhado para tentar lucrar com essa forte demanda.

Os pesquisadores da Kaspersky investigaram 15 mercados diferentes na Darknet e descobriram anúncios das três principais vacinas de Covid-19: Pfizer/BioNTech, AstraZeneca e Moderna.

Também foram encontrados anúncios de vacinas não verificadas contra “Covid-19”.

A maioria dos vendedores está na França, Alemanha, Reino Unido e Estados Unidos, e os preços de cada dose variam de US$ 250 a US$ 1.200.

No entanto, o custo médio é de aproximadamente US$ 500, diz a Kaspersky.

A comunicação é feita por aplicativos de mensagens criptografadas, como Wickr e Telegram, e são solicitados pagamentos em criptomoeda, principalmente bitcoins.

Com as informações de que os especialistas da Kaspersky têm acesso, não é possível saber quantas doses das vacinas anunciadas online são verdadeiras (vários estabelecimentos médicos apontam sobras de doses) e nem quantos anúncios são golpes.

Read also :