Consumidores de telefonia se mostram mais satisfeitos com prestadoras

Empresas

Telefonia celular pós-paga foi avaliada com a nota 7,49 em termos de satisfação geral, em uma escala de 0 a 10.

Pelo quarto ano consecutivo, os consumidores de telefonia celular pós-paga são os mais satisfeitos com suas prestadoras.

Dados da “Pesquisa de Satisfação e Qualidade Percebida” da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) indicam que o serviço foi avaliado com a nota 7,49 em termos de satisfação geral, em uma escala de 0 a 10.

Em seguida, vêm os consumidores de telefonia móvel pré-paga, com 7,45.

Nestes serviços, o indicador de satisfação geral “cresceu continuamente desde o início da série histórica”, em 2015.

Naquele ano, as notas de satisfação geral foram de 6,62 para a telefonia móvel pré-paga e de 6,72 para a telefonia móvel pós-paga. A

telefonia fixa, por sua vez, alcançou em 2020 o índice de 7,36 enquanto na TV por assinatura, a nota permaneceu estável, em 7,17.

Já na banda larga fixa, diz a Anatel que “houve queda significativa no indicador“, que fechou o ano de 2020 em 6,51.

Nos resultados por estados brasileiros, apenas os consumidores de banda larga fixa do Acre, Amazonas, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro estão menos satisfeitos em 2020.

Nos demais estados, os indicadores de satisfação geral, em sua maioria, permaneceram estáveis em relação ao ano anterior, com registro de alguns aumentos – principalmente na telefonia celular pré-paga.

Read also :