Tablets venderam menos no Brasil

MobilidadeTablets

A pandemia mudou os padrões de consumo da categoria tablets em 2020, segundo dados da IDC Brasil.

No Brasil, o mercado de tablets encolheu em vendas e cresceu em receita em 2020, segundo dados da IDC Brasil.

Tudo somado, a IDC indica que foram vendidos 2,9 milhões de tablets no Brasil, ou seja, menos 12,7% em relação a 2020. Apesar disso, a receita das vendas foi 28,7% maior, somando assim R$ 2,3 bilhões.

A IDC Brasil explica que estes resultados foram influenciados pela pandemia da Covid-19, que levou a uma grande “mudança nos hábitos de consumo nesta categoria”, diz a IDC Brasil.

Assim, 2020 foi um ano em que se compraram menos tablets, mas mais modelos intermediários e premium.

“O estudo remoto, o entretenimento e a impossibilidade de viagens ao exterior levaram a um aumento nas vendas de tablets acima de R$ 700”, disse a propósito Rodrigo Okayama Pereira, analista de mercado da IDC Brasil.

Para 2021, a IDC prevê um crescimento de 24% no mercado de tablets em todo o Brasil.

Read also :