Mercado de PCs cresce no trimestre

Empresas

Os números são do Gartner que diz ainda que, nestes primeiros três meses de 2021, as remessas somaram 69,9 milhões de unidades.

Registou-se um aumento de 32% nas remessas mundiais de PCs em relação ao primeiro trimestre de 2020.

Os números são do Gartner que diz ainda que, nestes primeiros três meses de 2021, estas remessas somaram 69,9 milhões de unidades.  

Na verdade, o mercado terá se recuperado de um primeiro trimestre fraco em 2020 para atingir o maior crescimento identificado pelo Gartner desde o ano 2000.

“Esse crescimento deve ser visto no contexto de dois fatores únicos: o fato de ser uma comparação direta com um ano em que vivemos em um mercado restrito por conta da pandemia e por termos uma escassez global de semicondutores”, diz Mikako Kitagawa, diretora de pesquisa do Gartner.

Neste estudo, o Gartner não inclui os Chromebooks embora estas tenham aumentado três dígitos no primeiro trimestre de 2021, em comparação ao semestre de um ano atrás.

O topo da tabela de fornecedores no mercado mundial de PCs continua sendo a mesma, face ao trimestre anterior.

Assim, a Lenovo está mantendo a primeira posição no número de remessas.

A Lenovo cresceu ainda mais rápido do que a média regional em todas as principais regiões, com crescimento.

Já a HP, depois de ter dois trimestres consecutivos de queda, alcançou agora um forte crescimento ano a ano, de 34,6%, diz o Gartner.

O crescimento mais lento, entre o top seis foi da Dell, por trabalhar mais o mercado corporativo.

Read also :