Oi vende ativos de fibra óptica por R$ 12 bilhões

Mobilidade

O negócio vai ser viabilizado por meio da aquisição de parte da participação detida pela Empresa Brasil Telecom Comunicação Multimedia.

A Oi aceitou a oferta de R$ 12,9 bilhões para a venda de ativos de infraestrutura de fibra óptica no Brasil feita pelo banco BTG Pactual e pela Globenet Cabos Submarinos.

Em recuperação judicial desde 2016, a operadora brasileira disse, em nota aos investidores, que o negócio será viabilizado por meio da “aquisição de parte da participação detida pela Empresa Brasil Telecom Comunicação Multimedia S.A., unidade de produção isolada que detém ativos de infraestrutura de fibra óptica (SPE InfraCo)”.

Segundo o documento a SPE InfraCo foi avaliada em R$ 20 bilhões e tem uma dívida líquida de R$ 4,1 bilhões.

O negócio será pago de forma fracionada e, ao final do pagamento, os proponentes do negócio terão ações que representem 54,8% do capital social da SPE InfraCo.

“Após a incorporação da Globenet, os licitantes deterão ações representando 57,9% do capital social da SPE InfraCo, com a Oi e suas afiliadas permanecendo na votação e capital total”, concluiu o documento da operadora brasileira.

A Oi viu as perdas aumentarem em 2020, em relação ao ano anterior, para 10,5 bilhões de reais (1,5 bilhão de euros).

Read also :