UE exige que redes sociais apaguem posts terroristas

e-MarketingRedes Sociais

As plataformas de internet que operam em qualquer país da União Europeia podem ser obrigadas a retirar ou bloquear o acesso a este tipo de conteúdos.

A União Europeia aprovou um novo regulamento que permitirá obrigar as plataformas sociais a retirar mensagens, fotos e vídeos terroristas no prazo de até uma hora.

“Com este regulamento, será ainda mais difícil para os terroristas usarem a Internet para recrutar virtualmente, incitar ataques online ou se gabar de suas atrocidades na internet”, explicou a Comissária Europeia para Assuntos Internos, Ylva Johansson.

Depois de debatido no Parlamento Europeu, o texto foi aprovado em segunda leitura sem votação, por não haver alterações ao acordo já conseguido em dezembro.

Assim, as plataformas de internet que operam em qualquer país da União Europeia podem ser obrigadas a retirar ou bloquear o acesso a este tipo de conteúdos.

Se não o fizerem, serão sancionadas com multas de até 4% do faturamento global da empresa.

Os países da UE devem começar a incluir este regulamento em suas legislações nacionais a partir do final de maio mas a regra só estará em vigor no próximo ano.