Governo lança canal único e digital de atendimento a servidores públicos federais

ProjetosSetor Público

O SouGov.br dará acesso a cerca de 50 serviços voltados à gestão de pessoas na Administração Pública Federal.

A transformação digital do Governo Federal chega à gestão de pessoas da Administração Pública com o lançamento, pelo Ministério da Economia, do SouGov.br.

Trata-se de um novo e mais moderno canal de atendimento que reunirá em um só lugar todos os serviços relacionados à vida funcional dos servidores públicos do Poder Executivo Federal.

A novidade alcança também os servidores aposentados e os pensionistas.

São 1,3 milhão de usuários e mais de 14 mil servidores da área de Gestão de Pessoas beneficiados com a nova ferramenta tecnológica.

Atualmente, os servidores têm diversos canais para acessar os serviços, assim como as unidades de Gestão de Pessoas para atendê-los.

O SouGov.br faz parte de um amplo trabalho de transformação digital desenvolvido pela Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital (SEDGG), do Ministério da Economia, para modernizar a gestão de pessoas na Administração Pública Federal.

“Com o SouGov, o objetivo é resolver o excesso de requisitos e canais, acelerar o tempo e a qualidade de atendimento e expandir a oferta de serviços digitais, tornando o SouGov.br um canal único para direitos e benefícios gerados em função da relação de trabalho com a Administração Pública Federal”, explica o secretário da SEDGG, Caio Mario Paes de Andrade.

Neste primeiro momento, o SouGov.br oferecerá 24 serviços, incluindo todos os disponíveis no Sigepe Mobile – atual aplicativo que será desativado em breve – além de outros serviços digitais inéditos, como o envio de atestado médico, a solicitação de auxílio-transporte e a prova de vida.

Gradativamente, os serviços hoje disponíveis no Sigepe Banco de Talentos e Sigepe Gestor também serão migrados para o novo aplicativo.

Além disso, serão oferecidos 20 novos serviços pelo SouGov.br, totalizando cerca de 50 serviços exclusivos para os servidores públicos federais em um só lugar até setembro de 2022.

Read also :