Algar Telecom registra queixa contra Claro e Vivo

Mobilidade

Em causa está a rede compartilhada das duas empresas e os efeitos na concorrência.

Recentemente, a Claro e a Vivo anunciaram sobre a decisão de avançarem com o compartilhamento da infraestrutura e frequências de rede em um sistema de RAN sharing.

Na sequência, a Algar Telecom veio dizer que esta parceria traria efeitos adversos em termos de concorrência e influiria diretamente sobre os valores dos serviços.

Assim sendo, a operadora mineira já fez saber que entrou com recurso junto ao órgão antitruste brasileiro.

Nesse recursos, está solicitando que a decisão da Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica sobre a aprovação do compartilhamento seja revista.

Com este passo da operadora mineira, é esperado que o Cade imponha soluções que garantam o acesso de terceiros às redes e infraestrutura compartilhada entre a Claro e a Vivo.

A ocorrer assim, não só a Algar Telecom mas também outras operadoras vão poder usufruir da rede, conforme necessário, sem que haja aumento de custos.

Read also :