Anatel aprova FiBrasil

Mobilidade

A rede da FiBrasil será neutra, dando assim possibilidade também a outras  empresas de  alugar a infraestrutura existente para vender serviços de internet e telecomunicações.

O Conselho Diretor da Anatel anunciou ter aprovado a venda de participação da FiBrasil, braço da Vivo.

O controle da companhia pode agora ser transferido para o fundo canadense CDPQ.

A empresa assume então o trabalho de expandir a cobertura FTTH para cidades médias no Brasil.

Recorde que o acordo tinha sido já firmado em março do presente ano e ficou definido um pagamento de R$ 1,8 bilhão por parte do fundo canadense em troca de 50% da FiBrasil.

Do lado da Vivo fica o fornecimento da cobertura de fibra ótica já disponível em 1,6 milhão de domicílios e a promessa de fazer chegar esta tecnologia a 5,5 milhões de lares até 2025, fora do estado de São Paulo.

A rede da FiBrasil será neutra, dando assim possibilidade também a outras  empresas de  alugar a infraestrutura existente para vender serviços de internet e telecomunicações.

Com a aprovação da Anatel, a Vivo pode prosseguir com a construção da rede neutra.

Read also :