Internet fixa está 70% mais rápida no Brasil

Mobilidade

O aumento da disponibilidade de banda larga por fibra óptica até a residência está levando o país de seu anterior 56ª lugar para o 49° no ranking mundial.

A Ookla divulgou seu estudo Speedtest Global Index de abril de 2021 no qual é possível perceber que a qualidade das redes fixas brasileira está melhor.

Diz o estudo que o aumento da disponibilidade de banda larga por fibra óptica até a residência (FTTH) está levando o país de seu anterior 56ª lugar para o 49° no ranking mundial de internet.

Vale destacar que houve aumento de 69,2% nas velocidades de banda larga no Brasil, segundo a Ookla, em comparação com o ano de 2020.

Hoje em dia, o país tem uma velocidade média de 50,6 Mb/s para downloads e 26,3 Mb/s para uploads e está no segundo lugar em toda a América Latina.

Na região, o Chile lidera a média de velocidades de download e, depois do Brasil, estão surgindo  Colômbia, México e Argentina.

Nas operadoras, a Vivo ocupa a liderança das velocidades de download de banda larga fixa, diz este estudo, seguido por Claro e Oi. No upload, a Claro cai para o 3° lugar no ranking nacional e a Vivo continua liderando.

Em respeito a cidades, a Ookla divulgou que o local com maior velocidade de internet fixa é Brasília, com download médio de 75,72 Mb/s. Logo de seguida, está a cidade de São Paulo (60,41 Mb/s), seguida por Fortaleza (56,83 Mb/s), Rio de Janeiro (51,09 Mb/s) e Salvador (45,85 MB/s).

Read also :