Pirataria na mira da Anatel em São Paulo

GestãoLegislação

Em Porto de Santos a Anatel intercetou um carregamento de 17 mil decodificadores piratas, valendo R$ 8,5 milhões. 

Foram diversos os órgãos de fiscalização que nestes últimos dias realizaram operações em São Paulo, resultando no fechamento de lojas e em apreensões de mais de 17 mil TV Box piratas.

Desde logo, Fiscais da Receita Federal e da Anatel intercetaram, em Porto de Santos, um carregamento de 17 mil decodificadores piratas, valendo R$ 8,5 milhões.

Esta e outras operações estão fazendo parte do Plano de Ação de Combate à Pirataria (PACP) da Anatel.

Somente neste ano, a Anatel já apreendeu mais de um milhão de produtos de telecomunicações em situações irregular e ilegal.

No mesmo sentido, a “Operação Sem Sinal“, no centro da capital paulista, fechou lojas que tinham para venda aparelhos de acesso ilegal a canais de TV por assinatura.

Read also :