Dell condenada no Brasil

EmpresasNegócios

Os ex-funcionários vinham dizendo que se sentiam obrigados a gerir suas rotinas sob estresse.

A Dell, fabricante de computadores foi agora condenada a pagar uma indeminização a seus ex-funcionários no Brasil.

Em causa “estão danos morais em razão de assédio moral” lê-se numa decisão do TRT da 4ª Região que vem obrigar a empresa a pagar R$ 100 mil a cada funcionário demitido.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) começou ouvindo os ex-funcionários entre 2010 e 2014, depois de se verificar uma denúncia de que condutas ilegais, discriminatórias e abusivas estavam acontecendo de forma contínuada por parte de chefes e supervisores da Dell.

Os ex-funcionários vinham dizendo que se sentiam estressados estimulados a gerir suas rotinas sob estresse, prática conhecida como “gestão de estresse”.

Tudo quer acontecia era comunicado aos superiores hierárquicos dentro da empresa mas nenhuma medida contra foi tomada.

Read also :