Gigantes americanos podem deixar Hong Kong

Mercado

As gigantes tecnológicas acreditam que as propostas de emendas podem restringir a liberdade de expressão e não será viável continuar.

O Google, o Facebook e até o Twitter são algumas das empresas americanas que ameaçaram já deixar Hong Kong se a China seguir com as mudanças na lei de proteção de dados.

As gigantes tecnológicas acreditam que as propostas de emendas podem restringir a liberdade de expressão e não será viável continuar.

De acordo com o The Washington Post, que conseguiu acesso ao documento enviado ao governo chinês em 25 de junho, “a única forma de impedir sanções às companhias seria restringir seus investimento e serviços“.

Dizem ainda na mesma carta que a nova legislação apresenta caráter anti-doxing, (revelação de informações pessoais de indivíduos on-line), o que “pode ter o efeito de cortar liberdade de expressão” pelo que deverá “ser construída a partir de princípios de necessidade e proporcionalidade”.

Read also :