Apple vai combater pornografia infantil em seus iPhones

Mobilidade

A Apple vai conduzir varreduras em iPhones para encontrar usuários que consumam pornografia infantil e salvem esse tipo de material em seus dispositivos.

Em um comunicado, a Apple anunciou que vai conduzir varreduras em iPhones para encontrar usuários que consumam pornografia infantil e salvem esse tipo de material em seus dispositivos.

A fabricante vai também correr varreduras no iCloud, sua plataforma de hospedagem em nuvem.

Há também outras medidas, como mais ferramentas de monitoramento para os pais.

A primeira medida mencionada pela Apple contra a pornografia infantil diz respeito à segurança de comunicações via Messages.

O aplicativo de conversas em tempo real passará a alertar crianças que tenham um iPhone de que a imagem recebida tem conteúdo não recomendado à elas, desfocando a figura.

Um alerta avisará ainda que, caso a criança visualize a imagem, seus pais serão avisados disso por meio do ecossistema de aparelhos conectados da empresa.

O mesmo vale para o caso de a criança tentar enviar tais materiais por conta própria, como acontece quando adolescentes são convencidas por predadores online a tirarem fotos explícitas.

Os pais é quem poderão fazer o ajuste desse sistema – inclusive ligando-o ou desligando-o.

Isso acontece usando um processo de machine learning on device – uso da inteligência artificial do próprio aparelho -, que analisa as imagens recebidas antes de elas serem abertas, determinando sua natureza sexual.