Sparkle e Trans Ocean levam centro de conetividade para o Panamá

CloudData Center

O objetivo é construir um centro de aterrissagem e conectividade aberto que vai se tornar o hub digital para toda a América Central, região andina e Caribe.

A Sparkle, operadora internacional dono da TIM, e a Trans Ocean Network, empresa de telecomunicações panamenha, anunciaram ter estabelecido uma joint venture no Panamá.

O objetivo passa por construir um centro de aterrissagem e conectividade aberto que vai se tornar o hub digital para toda a América Central, região andina e Caribe.

Assim sendo, o Panama Digital Gateway vai ser um hub aberto de próxima geração com tecnologias e infraestruturas de última geração.

O novo espaço, na Cidade do Panamá, conta 3.200 metros quadrados de espaço,  mais de 600 racks e 5 MW de energia.

O hub será integrado ao backbone global da Sparkle, que tem mais de 600.000 km de fibra.

Será ainda o ponto de aterrissagem de cabos submarinos existentes e futuros, assegurando assim uma entrada para a América Central.

Read also :