China: criptomoedas se tornam ilegais

e-Marketinge-Payment

O Banco Central da China já havia proibido que instituições chinesas disponibilizassem serviços relacionados com transações envolvendo estes ativos digitais.

Na China, o Banco Popular local, entidade central do país, declarou todas as atividades relacionadas a moedas digitais como “ilegais”.

Este é mais um passo do governo chinês no caminho pela repressão às criptomoedas.

Com esta decisão, torna-se totalmente ilegal que todos os mercados internacionais de criptomoedas possam vir  prestar serviços online a residentes em território chinês.

Recorde que o banco central da China já havia proibido que instituições chinesas disponibilizassem serviços relacionados com transações envolvendo estes ativos digitais.

Segundo o órgão, cidadãos chineses que atuam junto a mercados de criptomoedas fora do país, podem vir a ser “investigados” bem assim como todas as organizações que ofereçam serviços de marketing, pagamentos e assistência técnica.

Diz ainda o Banco Central da China que a especulação com criptomoedas aumentou no país e perturba “a ordem financeira e econômica”.

Read also :