Com pandemia, maturidade digital das franquias avança

CRMe-Marketing

Cerca de 72,3% dos respondentes afirmam que a maior dor é encontrar profissionais capacitados e identificar a tecnologia mais acessível ao negócio.

A Transformação Digital já faz parte do dia a dia da maioria das redes de franquia no Brasil, mas vários desafios e oportunidades de aprofundamento permanecem.

É o que aponta o Estudo “Transformação Digital nas Franquias”, realizado pela ABF – Associação Brasileira de Franchising.

Com uma amostra de 137 respostas, sendo 86% de franqueadores, a pesquisa apontou que 63,5% dos respondentes entendem que a Transformação Digital começa com as pessoas e que 86,9% das empresas possuem uma base de leads através de CRM.

O trabalho chamou também a atenção que quase 80% dos entrevistados afirmam utilizar automação de marketing. A ABF vem acompanhando este movimento há pelo menos quatro anos.

Em 2018, inclusive, promoveu uma pesquisa em parceria com a Confederação Nacional de Serviços (CNS) que identificou que 91,8% das redes de franquia introduziram algum novo produto ou serviço entre 2014 e 2016 – seja na própria empresa, no mercado nacional (57,3%) ou mundial (11,1%) – e apenas 8,2% delas não o fizeram.

Esse movimento ganhou uma tração ainda maior durante a pandemia, como indicam as pesquisas mensais realizadas pela ABF de abril a agosto de 2020. 

“Assim como ocorreu em vários setores, a pandemia foi um momento de inflexão para o franchising brasileiro na área de Transformação Digital. Mas isso só foi possível, ainda mais com a rapidez realizada, pois já existiam iniciativas e estratégias em andamento”, afirma Carlos Zilli, diretor de estratégia digital da ABF, cargo criado na atual gestão.

Read also :