Microsoft quer apagar pegada de carbono da atmosfera

A Microsoft disse ontem que pretende remover mais carbono da atmosfera do que emite até 2030 e que até 2050 espera ter retirado o suficiente para dar conta de todas as emissões diretas já produzidas pela companhia.