Elon Musk já chega tocando o terror no Twitter

Os planos de Elon Musk para o Twitter estão começando a tomar forma. O CEO da Tesla disse aos bancos que planeja reduzir o pagamento de membros do conselho executivo em uma tentativa de obter financiamento para a aquisição, informou a Reuters Insiders. Ele também apresentou ideias para monetizar tweets.

publicidade
Elon Musk (Crédito: Christian Marquardt – Pool/Getty Images))
Elon Musk (Crédito: Christian Marquardt – Pool/Getty Images))

Musk já havia twittado que o salário dos membros do conselho seria reduzido para US$ 0 se sua oferta fosse bem-sucedida, o que economizaria US$ 3 milhões por ano no Twitter. Acontece que ele não estava trollando. A Bloomberg informou na quinta-feira que Musk também planeja demitir funcionários para cortar custos.

Apesar de ser o homem mais rico do mundo, não ficou claro como Musk planejava financiar a aquisição na semana passada. Ele twittou de forma infame que tinha o “financiamento garantido” para tornar a Tesla privada em 2018, embora um tribunal e a SEC digam que ele não tinha, de fato, financiamento garantido.

publicidade

Elon Musk é o mais rico, porém tem montanha de dívidas

O bilionário tem US$ 90 bilhões em dívidas atreladas às ações da Tesla, SpaceX e Boring Co. Mas, de acordo com um documento da SEC, Musk está usando suas ações da montadora de carros elétricos como garantia um empréstimo de US$ 12,5 bilhões – além de US$ 21 bilhões em dinheiro que ele se comprometeu com a aquisição e empréstimos adicionais garantidos contra o Twitter.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

O empresário teria dito aos bancos que cortar a remuneração em ações para executivos e o conselho deixaria o Twitter mais próximo dos padrões da indústria. Ele mencionou os ganhos recentes do Pinterest e da Meta como prova de que a rede social poderia aumentar significativamente suas margens de lucro, segundo a Reuters.

Em 2021, a remuneração baseada em ações no Twitter foi 33% maior do que em 2020. Mas quando, Musk fez sua oferta aos bancos, ele não se concentrou apenas no corte de custos. Ele também disse que aumentaria a receita do aplicativo explorando novas maneiras de monetizar os tweets.

publicidade

Um método pode ser cobrar taxas das empresas por incorporar ou enviar solicitações de usuários verificados, por exemplo. Musk também escreveu e excluiu vários tweets na semana passada com ideias para o serviço de assinatura do Twitter Blue da empresa.

Algumas de suas sugestões incluem oferecer a marca de seleção azul verificada no microblog, uma interface sem anúncios e recursos adicionais de edição incluídos na taxa de assinatura de US$ 2,99.

Apesar da popularidade do Twitter, a plataforma teve dificuldade em convencer as pessoas a pagar por recursos premium, como a capacidade de desfazer tweets. A empresa depende principalmente de anúncios para obter lucro, o que Musk considera um desserviço aos usuários.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar