Grave falha ameaça milhões de roteadores (inclusive o seu)

Os invasores podem usar um bug de DNS para interceptar dados de suas vítimas e comprometer sistemas. O distribuidor pode pagar uma comissão pelos links nesta página. Falhas de segurança em roteadores podem facilitar isso.

publicidade

 

(Imagem: Pixabay)
publicidade

Hackers podem usar essa vulnerabilidade para redirecionar as vítimas para sites maliciosos durante a navegação. Isso dá aos criminosos a oportunidade de usar sites falsos para roubar logins de bancos online, por exemplo – ou enganar as pessoas para que baixem malware.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Problema em milhões de roteadores: solução ainda em desenvolvimento

O problema foi descoberto pelo Nozomi Networks Labs. Especificamente, todas as versões de uClibc e uClibc-ng são afetadas. Eles são comumente usados ​​por fabricantes como Netgear, Axis e Linksys, bem como certas distribuições Linux, entre outras.

Como ainda não há correção para o problema, nenhum detalhe sobre os dispositivos afetados foi divulgado. Provavelmente levará algum tempo até que as atualizações correspondentes estejam disponíveis.

publicidade

Como evitar que seu roteador seja invadido

Pensando nesses problemas, nós da equipe da Bit Magazine algumas dicas de segurança para seu roteador wi-fi:

1. Altere o nome padrão do seu Wi-Fi doméstico

Primeiro, altere o SSID (identificador do conjunto de serviços), ou nome, da sua rede Wi-Fi doméstica. Muitos fabricantes dão a todos os seus roteadores sem fio um SSID padrão. Na maioria dos casos é o nome da empresa. 

 

Quando um computador procura e exibe as redes sem fio próximas, ele lista cada rede que transmite publicamente seu SSID. Isso dá a um hacker uma chance melhor de invadir sua rede. 

publicidade

É melhor alterar o SSID da rede para algo que não divulgue nenhuma informação pessoal, afastando os hackers de sua missão.

2. Torne sua senha de rede wi-fi única e forte

A maioria dos roteadores sem fio vem pré-configurado com uma senha padrão. Essa senha padrão é fácil de adivinhar por hackers, especialmente se eles conhecem o fabricante do roteador. 

Ao selecionar uma boa senha para sua rede sem fio, certifique-se de que ela contenha pelo menos 20 caracteres, incluindo números, letras e símbolos. Quanto mais complicada for sua senha, mais difícil será para os hackers invadirem sua rede.

3. Ative a criptografia de rede

Quase todos os roteadores sem fio vêm com uma criptografia característica. Para a maioria dos roteadores, porém, ela está desligado por padrão. Ativar a configuração de criptografia do seu roteador pode ajudar a proteger sua rede. 

Certifique-se de ligá-lo imediatamente após o seu provedor de banda larga instalar o roteador. Dos muitos tipos de criptografia disponíveis, o mais recente e eficaz é o “WPA2”.

4. Desative a transmissão do nome da rede

Ao usar um roteador sem fio em casa, é altamente recomendável que você desative a transmissão do nome da rede para o público em geral. 

Quando usuários próximos tentarem encontrar uma rede Wi-Fi, o dispositivo deles mostrará uma lista de redes próximas que podem ser escolhidas. 

Se você desabilitar a transmissão de nomes, porém, sua rede não aparecerá, mantendo sua conexão Wi-Fi invisível para aqueles que não sabem procurá-la.

Esse recurso é útil para empresas, bibliotecas, hotéis e restaurantes que desejam oferecer acesso sem fio à Internet a seus clientes, mas não é necessário para uma rede sem fio privada, incluindo sua rede Wi-Fi doméstica.

5. Mantenha o software do seu roteador atualizado

Às vezes, o firmware de um roteador, como qualquer outro software, contém falhas que podem se tornar grandes vulnerabilidades, a menos que sejam rapidamente corrigidas pelas versões de firmware de seus fabricantes. 

Sempre instale o software mais recente disponível para o seu roteador e baixe os patches de segurança mais recentes imediatamente. Isso aumentará as chances de hackers não conseguirem acessar sua rede Wi-Fi.

6. Certifique-se de ter um bom firewall

Um “firewall” serve para proteger os computadores contra malware, vírus e outras intrusões prejudiciais. Os roteadores geralmente contêm firewalls integrados, mas às vezes são enviados com esses firewalls desativados. 

Verifique se o firewall do seu roteador sem fio está ativado. Caso seu roteador não tenha esse firewall, certifique-se de instalar uma boa solução de firewall em seu sistema para se proteger contra tentativas de acesso mal-intencionado em sua rede sem fio.

7. Use VPNs para acessar sua rede

Uma rede privada virtual, ou VPN, é um grupo de computadores ou redes que trabalham juntos pela Internet. Os indivíduos podem usar VPNs, como método para proteger e criptografar suas comunicações. Quando você se conecta a uma VPN, um cliente VPN é iniciado em seu computador.

 Quando você faz login com suas credenciais, seu computador troca as chaves com outro servidor. Uma vez que ambos os computadores tenham verificado um ao outro como autêntico, toda a sua comunicação na Internet é criptografada e escondida de curiosos externos.

Acima de tudo, verifique quais dispositivos se conectam à sua rede doméstica e certifique-se de que eles tenham um software de segurança confiável.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar