O plano ambicioso que Elon Musk tem para o Brasil

Elon Musk se reuniu com o ministro das Comunicações do Brasil, Fábio Faria, em novembro de 2021, para discutir a possibilidade de levar a Internet via satélite Starlink para a Floresta amazônica, disse o governo brasileiro. O plano ambicioso que o dono da SpaceX tem para o Brasil pode ajudar comunidades indígenas e escolas.

publicidade
Veja o plano ambicioso que Elon Musk tem para o Brasil
(Imagem: Divulgação/Ministério das Comunicações)

O governo do Amazonas disse em um comunicado de imprensa que a tecnologia da Starlink poderia fornecer internet para comunidades indígenas, escolas remotas e centros de saúde.

A Starlink também pode ajudar a monitorar o desmatamento ilegal. Satélites já foram usados ​​por organizações de conservação para rastrear mudanças ambientais, como incêndios florestais.

publicidade

O Brasil anunciou na recente cúpula climática da COP26 em Glasgow que estava antecipando para 2028 um compromisso anterior de acabar com o desmatamento ilegal até 2030.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Fábio Faria postou um vídeo em sua conta no Twitter dele e de Musk falando sobre uma nova parceria.

“Estamos ansiosos para fornecer conectividade às pessoas menos atendidas do Brasil”, disse Musk no vídeo. “Com melhor conectividade podemos ajudar a garantir a preservação da Amazônia.”

publicidade

O ministro disse no comunicado à imprensa que a SpaceX e o governo estão trabalhando para fechar “esta importante parceria”.

“Nosso objetivo é levar a internet para áreas rurais e lugares remotos, além de ajudar no controle de queimadas e desmatamento ilegal na floresta amazônica”, disse Faria no comunicado à imprensa.

Faria também se encontrou com a COO da SpaceX, Gwynne Shotwell, na Califórnia, de acordo com o comunicado a imprensa.

Elon Musk expande Starlink para o mundo

Atualmente, a Starlink atende cerca de 140.000 usuários em 20 países e possui 1.800 satélites em órbita, de acordo com uma apresentação apresentada pela empresa à Federal Communications Commission em 10 de novembro.

publicidade

A empresa criou recentemente uma subsidiária integral na Índia com planos de lançar 200 mil terminais de usuários no país, sinalizando sua expansão para a Ásia.

A Starlink usa satélites avançados em órbitas baixas e possibilita chamadas de vídeo, streaming e outras atividades em velocidades de até 200Mb/s.

Com escritório em território brasileiro, a Starlink estima um faturamento de US$ 7,5 milhões. No primeiro ano, a expectativa é passar de 60 mil clientes, especialmente de estados do Sul e Sudeste.

Como retorno ao Estado, a arrecadação de Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no início da operação pode chegar a R$ 97 milhões, conforme o Governo do Amazonas.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar