Qualcomm investe em startup chinesa de reconhecimento facial baseado em IA

De acordo com a Reuters, a  SenseTime planeja conseguir levantar US$ 500 milhões em sua próxima rodada de investimento, o que seria o maior valor alguma vez conseguido por uma startup de IA.  Este levantamento irá avaliar a companhia em US$2 bilhões.

publicidade

A SenseTime, que tem sede em Pequim e Hong Kong, está desenvolvendo tecnologia que usa IA e  câmeras para identificar e analisar rapidamente as identidades. A solução da empresa tem sido utilizada pelas autoridades chinesas em testes limitados para rastrear e capturar suspeitos em espaços públicos, como aeroportos. 

A startup é uma das várias empresas de reconhecimento facial baseado em IA ​​existentes na China que estão levantando capital de investidores locais e estrangeiros para desenvolver tecnologia avançada de reconhecimento facial.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar