resultados trimestrais

Receita da Salesforce cresce 25% no trimestre

Uma das maiores empresas de gestão de relacionamento com clientes (CRM), a Salesforce anunciou bons resultados referentes ao terceiro trimestre do ano fiscal 2017, finalizado em 31 de outubro de 2016. O destaque vai para o aumento de 25% na receita, que atingiu US$ 2,14 bilhões.

GFT aumenta receita em 15% no terceiro trimestre

A GFT Technologies SE anunciou os resultados do terceiro trimestre e dos primeiros nove meses de 2016, reportando um crescimento impulsionado pela forte demanda por soluções e projetos de transformação digital e de atendimento às demandas regulatórias do setor.

Acer cresce 4,3% no trimestre em meio a investimentos em VR

O conselho de administração da Acer aprovou os resultados financeiros referentes ao terceiro trimestre de 2016, com receitas consolidadas de US$1.87 bilhões. Foi um aumento de 4,3% quando comparado ao trimestre homólogo do ano anterior.

Garmin aumenta receitas com área fitness em destaque

A Garmin, especialista em soluções de navegação por satélite, anunciou seus resultados operacionais referentes ao terceiro trimestre de 2016. Foram positivos: a receita da empresa cresceu 6% para US$ 722 milhões.

Wipro cresce 10% e atinge US$ 2,1 bilhões de receita

A Wipro Limited, empresa de tecnologia da informação, consultoria e serviços de processos de negócios, anunciou os resultados financeiros do segundo trimestre do seu ano fiscal, concluído em 31 de setembro. A empresa obteve um crescimento de 10% em seu faturamento bruto, se comparado ao mesmo período do trimestre passado, alcançando US$ 2,1 bilhões em receita.

Facebook já tem 1,79 bilhão de usuários

O Facebook continua surpreendendo os analistas com resultados acima do esperado. Na divulgação dos números do terceiro trimestre, a empresa divulgou um aumento de 16% nos usuários ativos mensais: tem agora 1,79 bilhão.

Vendas do iPhone caem 5% no trimestre de setembro

Pelo terceiro trimestre consecutivo, as vendas do iPhone caíram outra vez. A Apple anunciou os resultados de seu quarto trimestre fiscal, findo a 27 de setembro, e voltou a desapontar o mercado.

Lucro da Yahoo supera previsões em meio a fusão com Verizon

A Yahoo navegou um trimestre tumultuoso com uma surpreendente subida nos lucros líquidos, que atingiram US$162,8 milhões, ou 17 cêntimos por ação, mais do dobro quando comparado com os US$ 76,3 milhões um ano antes. Os analistas esperavam algo como 14 cêntimos por ação.

Receita da IBM supera previsões com sinal positivo na nuvem

A receita da IBM no terceiro trimestre caiu 1%, para US$19,2 bilhões, e os lucros recuaram 4% para US$2,9 bilhões. Ainda assim, foram resultados melhores que o esperado, com sinais positivos nas áreas que a empresa considera “imperativos estratégicos.”

Resultados trimestrais da Samsung melhores que o esperado

A Samsung apresentou seus resultados preliminares para o terceiro trimestre e os investidores respiraram de alívio: os números são melhores que o esperado, apesar do desastre que afetou a companhia por causa das baterias explosivas do Galaxy Note 7.

Garmin cresce 5% no segundo trimestre

A Garmin, especialista em soluções de navegação por satélite, registrou um crescimento de 5% no segundo trimestre de 2016, terminado em 25 de junho.

Fortinet cresce 30% no segundo trimeste

A Fortinet, empresa especializada em cibersegurança , tornou públicos seus resultados financeiros correspondentes ao segundo trimestre de 2016 e que lhe deu direito a um crescimento de 30% face ao ano anterior.

Acer reporta quebra nas vendas e perdas operacionais

A Acer reportou uma quebra das vendas e perdas operacionais no segundo trimestre, embora tenha conseguido obter lucros depois de impostos. Esta é uma altura de turbulência na fabricante asiática, que procede a uma reestruturação de seu negócio.

Tesla Motors agrava prejuízos no segundo trimestre

A Tesla Motors voltou a reportar prejuízos no segundo trimestre, marcando o 13º trimestre consecutivo de perdas. Ainda assim, o CEO Elon Musk referiu que a marca vai entregar os próximos modelos dentro do prazo.

Infor anuncia resultados do quarto trimestre

A Infor, provedora de aplicações corporativas em cloud, apresentou seus resultados do quarto trimestre que corresponde, igualmente, ao final de seu ano fiscal, com aumento de receitas de 8,8% % se comparado ao ano anterior (taxas de câmbio reais) e 700 novos clientes.

GoPro adia lançamento de drone depois de maus resultados

A GoPro continuou a sucessão de trimestres negativos nos primeiros três meses do ano, com uma quebra de 49,5% no volume de negócios. Estes resultados levaram a empresa a adiar o lançamento do drone Karma lá mais para o final de ano.

Vendas dos Galaxy S7 põem Samsung na rota dos lucros

Os lucros da Samsung cresceram 12% no primeiro trimestre de 2016, impulsionados por uma subida de 5,7% nas vendas. A fabricante beneficiou da forte demanda pelos novos smartphones da série Galaxy S7, que foram lançados no final de fevereiro.

Twitter volta a desapontar investidores no primeiro trimestre

O Twitter voltou a desapontar os investidores com os resultados do primeiro trimestre, que foram mistos. A rede de microblogging reportou um crescimento de 36% das receitas para US$ 597 milhões, abaixo dos 609 milhões que eram esperados pelo mercado.

eBay sobe vendas e apresenta lucros acima do esperado

A gigante dos leilões e compras online eBay conseguiu surpreender positivamente o mercado, com resultados um pouco acima do esperado no primeiro trimestre. As vendas subiram 4% para US$ 2,1 bilhões nos primeiros três meses do ano.

SAP reporta quebra no software e aumento na nuvem

O primeiro trimestre foi mais fraco que o antecipado, avisou a SAP num relatório preliminar em que apresentou resultados mistos. A empresa alemã referiu o abrandamento no Brasil e nos Estados Unidos como principais fatores para a performance abaixo do esperado.

Receitas da Oracle na nuvem crescem 40% no trimestre

A Oracle anunciou resultados mistos no terceiro trimestre fiscal, findo a 28 de fevereiro. Por um lado, o volume de negócios total caiu 3% para 8,97 bilhões de dólares, devido sobretudo ao fortalecimento do dólar. Por outro, a tecnológica registrou um crescimento notável de 40% nas receitas provenientes da nuvem.