Sprint

MWC19 Los Angeles: GSMA anuncia primeiros palestrantes

A GSMA anunciou os primeiros palestrantes confirmados para o terceiro encontro do MWC19 Los Angeles que acontecerá de 22 a 24 de outubro de 2019 no Los Angeles Convention Center. Divulgou ainda detalhes sobre eventos, incluindo novos programas, expositores e empresas participantes.

5G Americas tem novo Conselho de Administração

A 5G Americas, a associação setorial e voz da 5G e LTE para as Américas, elegeu um novo Conselho de Administração que tem como Presidente Neville Ray, Principal Executivo de Tecnologia e Vice-Presidente Executivo da T-Mobile e Hans Ovesen, Diretor, Função de Grupo e Governo, Relações Setoriais da Ericsson, que foi eleito Tesoureiro da associação. “É

Guerra de preços continua no mercado norte americano

A AT&T e a Verizon, empresas de telecom estado-unidenses, anunciaram que vão, mais uma vez, reduzir preços em seus planos wireless. Essa baixa visa combater as promoções e descontos que a Sprint está ofertando ao mercado, numa altura em que a “guerra” entre operadoras no país está mais acesa que nunca. Depois de, em Outubro,

Chicago é a cidade norte-americana com melhor mobilidade

Chicago é a cidade norte-americana com a melhor classificação de desempenho global móvel, de acordo com dezenas de milhares de testes de voz e de dados realizados em 125 cidades pela RootMetrics, empresa que pesquisa e fornece dados sobre as redes de telecomunicações nos Estados Unidos da América e Reino Unido. Na análise online publicada pela

Sprint corta gastos e postos de trabalho

A Sprint vai eliminar vários postos de trabalho, numa altura em que o novo CEO planeja desenhar um modelo de negócio mais sólido para que a terceira maior operadora móvel dos Estados Unidos mantenha a sua força num mercado severamente competitivo. Sediada no estado norte-americano do Kansas, a Sprint disse ontem que os cortes laborais

Fusão entre Sprint e T-Mobile não deve ocorrer antes de setembro

A fusão entre a Sprint Corp e a T-Mobile US Inc não deve ocorrer antes de setembro, com as empresas ainda fazendo a “due diligence” e preparando documentos detalhados sobre o acordo para apresentar aos reguladores dos EUA. Segundo apurou a agência internacional Reuters, a japonesa Softbank, que controla a Sprint, e a Deutsche Telekom

Sprint prepara-se para comprar T-Mobile

A Sprint concordou em pagar mais de US$ 32 bilhões de dólares para adquirir a T-Mobile, numa tentativa de juntar as terceira e quarta maiores operadoras de redes móveis nos EUA. A japonesa Softbank, que detém a Sprint, e a Deutsche Telekom, que possui 67% da T-Mobile, ainda têm de negociar os detalhes da aquisição, tais

Governo dos EUA processa Sprint por custos de vigilância

A Sprint, uma das maiores operadoras móveis norte-americanas, foi processada pelo governo dos Estados Unidos sob alegações de ter exigido, tanto ao FBI como a outras autoridades legais, uma quantia exorbitante pela interceptação de comunicações telefônicas requeridas por lei. Melinda Haag, procuradora norte-americana, declarou que a Sprint sobrefaturou agências governamentais como o FBI, a Drug

Sprint divulga prejuízo menor que o previsto

A Sprint divulgou um prejuízo menor do que era esperado para o quarto trimestre. A companhia conseguiu ainda aumentar o número de assinantes de serviços móveis, puxando suas ações a uma alta de sete por cento na pré-negociação. A companhia disse que acrescentou 58 mil assinantes líquidos no último trimestre. Os analistas previam que a empresa

Sprint pode apresentar proposta para adquirir a T-Mobile

Segundo uma fonte próxima da agência, o presidente do Conselho da Sprint, Masayoshi Son, deve se reunir esta semana com o presidente da Comissão Federal de Comunicação, Tim Wheeler. Este encontro acontece na mesma altura em que a Sprint – terceira maior operadora norte-americana – se prepara para fazer uma oferta pela rival T-Mobile. De

Wall Street preocupado com guerra de operadoras americanas

A competição de fim de ano entre as operadoras de celular norte-americanas preocupou Wall Street. Os analistas acreditam que os lucros desta indústria podem cair fortemente. Foram várias as iniciativas agressivas noticiadas por parte das operadoras americanas para conseguirem mais clientes. O caso da AT&T foi um dos mais falados. No início do ano, a

Sprint pode vir a comprar a rival T-Mobile

Segundo um jornal americano, a Sprint está a avaliar a hipótese de adquirir a rival T-Mobile US. A proposta deverá ser feita até ao primeiro semestre de 2014. Fontes próximas da empresa explicaram que a Sprint ainda não tomou uma decisão e está considerando as implicações regulatórias. Existe ainda a hipótese da provedora de TV