Laborprint moderniza parque tecnológico com Agility Networks

Base de DadosCloudData StorageEmpresasFinançasNegóciosServidoresVirtualização
0 1 Sem Comentários

Com uma carteira de clientes com regras rígidas de governança, compliance e segurança, a Laborprint é periodicamente auditada e avaliada. Um dos pontos mais verificados é a segurança da infraestrutura de TI. “A auditoria exige performance superior dos equipamentos e de todo ambiente”, diz Marcelo Martinez, CEO da Laborprint. Armazenamento, virtualização e segurança foram os

Com uma carteira de clientes com regras rígidas de governança, compliance e segurança, a Laborprint é periodicamente auditada e avaliada. Um dos pontos mais verificados é a segurança da infraestrutura de TI. “A auditoria exige performance superior dos equipamentos e de todo ambiente”, diz Marcelo Martinez, CEO da Laborprint.

Armazenamento, virtualização e segurança foram os focos da atualização.  A implementação aconteceu em maio de 2014 com novo storage da NetApp, mais robusto e com 15 terabytes – dobro da capacidade de armazenamento do modelo anterior.

Outro desafio da Laborprint era centralizar os dados estratégicos que estavam espalhados pela empresa. A solução de armazenamento da NetApp os colocou em um único local, trazendo facilidade de acesso, economia de 20% do espaço dos storages, além da compactação e eliminação da duplicidade de arquivos.

Dois meses depois, em julho, iniciou-se a implementação da virtualização com WMware. A Laborprint tinha, na época, 13 máquinas físicas que geravam alto custo de energia e estavam ficando obsoletas. O novo ambiente foi passou a funcionar com apenas cinco, todas as outras foram virtualizadas com VMware. A mudança trouxe ganho de espaço, performance, escala, disponibilidade e economia de energia.

A virtualização foi uma quebra de paradigma para a empresa porque a equipe de TI tinha receio de que a performance e disponibilidade fossem comprometidas. “A experiência e o conhecimento da Agility foram fundamentais para a mudança”, diz o CEO da Laborprint.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor