Siemens vai continuar a comprar empresas de software

EmpresasNegóciosSoftware
0 9 Sem Comentários

O conglomerado alemão Siemens pretende continuar a ir às compras este ano, depois de uma sucessão de aquisições na área do software.

De acordo com as declarações de Klaus Helmrich, membro do conselho de administração com responsabilidade pela divisão Digital Factory da Siemens, a ideia é continuar a comprar empresas de software que reforcem o núcleo duro da empresa – a indústria.

“Se vamos continuar a investir em aquisições? Definitivamente, sim”, afirmou Helmrich numa conferência de imprensa, esta segunda-feira, respondendo a uma questão sobre o interesse da Siemens em empresas de software de gestão do ciclo de vida dos produtos. É aqui que a gigante alemã tem comprado várias firmas.

A mais recente e valiosa aquisição foi feita em janeiro, quando a Siemens assinou contrato para comprar a empresa de software CD-adapco por US$ 970 milhões. Na altura, a empresa referiu que a intenção era “aumentar o foco no crescimento do negócio digital e na expansão do seu portfólio na área do software industrial.”

A unidade Digital Factory da Siemens é a mais rentável das nove divisões da empresa. A última aquisição significativa virada para este segmento antes da CD-adapco tinha sido em 2012, quando comprou a LMS International por US$ 675 milhões.

Curiosamente, em setembro do ano passado, a executiva com assento no conselho Lisa Davis tinha dito que a Siemens não pretendia continuar a a ir às compras e iria concentrar-se em capitalizar nas aquisições feitas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor