Estudo

Estudo propõe áreas prioritárias para evoluir a IoT no Brasil

Cidades inteligentes, saúde e rural devem ser as áreas prioritárias para iniciativas e políticas públicas que visem ao desenvolvimento da internet das coisas no Brasil, conforme definição apontada na segunda etapa do estudo técnico “Internet das Coisas: um plano de ação para o Brasil”.