Bactéria da Europa pode ter contaminado Kinder Ovo

Uma bactéria da Europa pode ter contaminado Kinder Ovo. A Secretaria Estadual do Consumidor (Senacon) do Ministério da Justiça e Segurança Pública notificou os proprietários das marcas Kinder Ovo, Nutella e Ferrero Rocher após os produtos da marca terem sido retirados das prateleiras europeias por suspeita de contaminação por salmonela.

publicidade
Bactéria da Europa pode ter contaminado Kinder Ovo. (Imagem: Divulgação)

Em nota, a pasta informou que havia determinado que a empresa esclareceu medidas que havia tomado para evitar infectar consumidores brasileiros, ou que havia recolhido os produtos no país.

Isso porque os produtos recolhidos na Europa são fabricados na Bélgica. Os produtos vendidos no Brasil são feitos na América do Sul, embora a empresa não tenha especificado em quais países as fábricas estão localizadas.

publicidade

De acordo com o Valor Online, a empresa tem uma fábrica em Minas Gerais que fabrica os cremes de confeitaria Nutella e Ferrero Rocher.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

A Ferrero Brasil informa que não recebeu nenhuma notificação oficial da Senacon. Então, até o momento não há motivo para preocupação sobre contaminação no Brasil.

A empresa disse ainda que entrou em contato voluntariamente com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) “para esclarecer os fatos e fornecer qualquer informação adicional”.

publicidade

Segundo a empresa, o recall em outros países diz respeito apenas ao Kinder Surprise, Kinder Mini Eggs, Kinder Surprise Maxi 100g e Kinder Schokobons fabricados em Arlon, na Bélgica.

“Esses produtos não são vendidos pela Ferrero no Brasil, então não há necessidade de falar sobre sua retirada do país”, disse Ferrero em um relatório.

Bactéria da Europa: Ferrero faz recall de produtos

Na semana passada, produtos da marca Kinder vendidos em vários países europeus foram retirados do mercado devido à suspeita de contaminação por salmonela. A bactéria da Europa obrigou a empresa a fazer um recall dos doces que já estavam em circulação.

Solicitaram, ainda, a devolução de produtos Kinder fabricados na fábrica em Arlon, Bélgica, que são vendidos na França, Bélgica, Reino Unido, Irlanda do Norte, Alemanha e Suécia.

publicidade

Houve até agora 63 casos de infecção por salmonela no Reino Unido, disse um porta-voz da autoridade de saúde do Reino Unido, à AFP.

Na França, o Centro de Referência de Salmonella do Instituto Pasteur notificou 21 pacientes, 15 dos quais relataram consumir o produto Kinder relevante, segundo a agência nacional responsável pela saúde pública. A idade média dos casos foi de 4 anos.

A intoxicação alimentar causada por Salmonella causa distúrbios gastrointestinais, geralmente acompanhados de febre dentro de 48 horas após o consumo.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar