Cabo de internet do Google finalmente chega na África; veja o que muda

Planejado para chegar primeiro à Nigéria, um cabo de internet do Google finalmente chegou à África. Desembarcando em Togo, com a promessa de aumentar a velocidade da internet para milhões de africanos, essa seria a última fase de uma iniciativa de vários anos para trazer acesso mais barato a clientes em todo o continente.

publicidade
Cabo de internet do Google chega à África
Cabo de internet do Google chega à África (Imagem: Pixabay)

Segundo a empresa, o cabo Equiano, que é o primeiro do seu tipo a chegar a África, saiu de Portugal e vai aumentar a velocidade da Internet para os 8 milhões de cidadãos do Togo.

O Togo, que não constava da lista de países beneficiários da primeira coorte, foi integrado após vários meses de negociações e torna-se o primeiro país africano a receber o cabo”, disse a Ministra da Economia Digital e Transformação Digital do Togo, Cina Lawson.

publicidade

Internet do Google chega à África e é um sinal de esperança para os países próximos

Isso pode ser um sinal do que está por vir para outras nações, especialmente em regiões onde o uso da internet está aumentando rapidamente (mas as redes às vezes são lentas e atrapalham o progresso econômico).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

De acordo com um estudo feito a mando do Google, cerca de 37 mil empregos serão gerados no país entre 2022 e 2025, além de mais de 350 milhões de dólares em receita. A tecnologia também deve possibilitar um grande aumento na penetração da internet, que está agora  em 23%.

Rota está se espalhando

A nova rota também vai parar na Nigéria, Namíbia e África do Sul, com futuras extensões conectando a mais nações da região. 

publicidade

De acordo com uma análise de 2020 da GSMA Intelligence, a África Subsaariana continua sendo a área menos conectada do mundo, com aproximadamente um quarto da população ainda sem serviço de banda larga móvel, em comparação com 7% globalmente.

A maioria das nações da África Ocidental está na parte inferior de uma classificação global de penetração da Internet realizada pelo World Bank.

Efeito

Togo será o primeiro a se beneficiar. Espera-se que o cabo reduza os preços da Internet em 14% até 2025, de acordo com uma avaliação da Africa Practice and Genesis Analytics encomendada pelo Google.

O Google disse que o cabo criará indiretamente 37.000 empregos no Togo até 2025 e aumentará o PIB em US $193 milhões.

publicidade

O cabo submarino Equiano é só 1 de mais 16 cabos já construídos ou em construção pela Google. Em junho foi anunciada a construção do Firmina, ligando Estados Unidos, Brasil, Uruguai e Argentina.

Além disso, dos cabos do Google, o Brasil também recebe Junior, entre Rio e Santos, e o Monet, ligando o país aos Estados Unidos.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar