E-commerce

Coronavírus | varejistas brasileiras dobram apostas no comércio eletrônico

Varejistas brasileiras começaram a sentir o impacto da epidemia de coronavírus, conforme shopping centers fecham as portas e a população atende aos apelos de autoridades para ficar em casa, mas um segmento da indústria ainda pode se beneficiar da crise: o comércio eletrônico, anuncia a agência Reuters.

Como a melhora dos processos logísticos beneficia o e-commerce

O e-commerce cresce a passos largos no Brasil. Prova disso é o resultado da pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), que identificou que esse modelo de negócio saiu de um faturamento de R$ 11,5 bilhões em 2011 para R$ 60 bilhões em 2017, o que representa 12% de crescimento. A expectativa é um aumento de 15% no e-commerce nacional com mais de 220 milhões de pedidos.

Netshoes lança seu blog de tecnologia

Novo portal de conteúdo da companhia é um espaço de compartilhamento de conhecimento e tendências relacionados a um dos principais pilares da marca.

JUST estreia no programa de parceiros da VTEX

Objetivo é fortalecer portfólio de soluções focadas na experiência do consumidor junto ao e-commerce e consolidar a Verity Group como ecossistema que promove transformação digital de ponta a ponta.

Grupo Máxima aposta no e-commerce

Aplicativo móvel para o varejo, que tem como objetivo economizar tempo e trazer comodidade ao consumidor final, e plataforma de comércio online B2B para o mercado atacado distribuidor são as novidades da holding.

E-commerce