Coca-Cola com sabor de “pixel e bytes” causa polêmica

Novo sabor do refrigerante “baseado no metaverso e suas novas tecnologias”, aparentemente, não agradou todos que experimentaram. A Coca-Cola com sabor de “pixel e bytes” sofreu criticas por não ser nada parecido com seu produto original.

publicidade
Imagem de divulgação do novo sabor Coca-Cola bytes (Imagem: Coca-Cola Company/Divulgação)
Imagem de divulgação do novo sabor Coca-Cola bytes (Imagem: Coca-Cola Company/Divulgação)

Tentando surfar na onda tecnológica Coca-Cola com sabor “pixel e bytes” poderia ficar apenas no metaverso

Há alguns dias, a Coca-Cola anunciou o lançamento de seu mais novo sabor de refrigerantes, baseado no universo tecnológico e inspirado pelo metaverso. 

O jornalista do The Verge, Mitchell Clark, percebeu a possibilidade de experimentar o novo sabor e contatou a empresa.

publicidade

A Coca-Cola o atendeu e enviou um exemplar da nova bebida, que após ser degustada com sua esposa, gerou o seguinte comentário:

“Não é apenas doce, porém — há um sabor lá, mas não é nada que eu possa descrever usando qualquer uma das palavras que eu conheço.”

O mais interessante é que ambos fazem um relato extremamente detalhado na tentativa de chegar a um consenso sobre o que já experimentado por eles seria parecido com o novo sabor da Coca-Cola.

Outros jornalistas americanos que tiveram acesso à bebida através de seus veículos também compartilharam suas experiências.

publicidade

As opiniões são as mais variadas, apesar de alguns terem feito referência clara ao outro “sabor estranho” de Coca-Cola que prometia o gosto das estrelas, Starlight.

O sabor prometido pela Coca-Cola bytes

O comunicado oficial da marca de refrigerantes traz muitas informações “vagas” sobre o sabor do produto, mas uns conceitos bem “fora da casinha” sobre o objetivo da experiência.

A diretora sênior de estratégia global, Oana Vlad, definiu os objetivos do lançamento como:

“Para nossa segunda expressão da Coca-Cola Creations, queríamos criar um sabor inovador inspirado na brincadeira dos píxels, enraizados nas experiências que o jogo torna possível. Assim como os píxels alimentam a conexão digital, a Coca-Cola Zero Sugar Byte reúne as pessoas para compartilhar momentos de Real Magic”. 

publicidade

Esse “Real Magic” me lembra algum tipo de delírio psicodélico vindo de Woodstock, mas enfim, vamos em frente.

Não é o primeiro desafio inusitado de sabores da Coca-Cola Creations

Como citado anteriormente, esse não é o primeiro desafio da Coca-Cola Creations (setor responsável por inventar os sabores conceituais). Antes, já fora lançado o sabor Starlight, que prometia o gosto das estrelas. 

O sabor estelar ainda é encontrado, mesmo com dificuldades, comercializado nos EUA, enquanto a Coca-Cola Zero Sugar Byte será muito mais limitada.

Aparentemente, após o período de degustação teste, será possível adquiri-lo somente através do site oficial da empresa norte-americana de refrigerantes. 

Parece que para nós brasileiros, experimentar novos sabores não será nada fácil, mas também nunca tivemos uma boa receptividade com sabores diferentes da original Coca-Cola. Quem já passou dos 30 anos, deve se lembrar da Cherry Coke, ou não.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar