Elon Musk “mentiu” em polêmica com a Tesla e se deu mal na Justiça

Manobras conscientes do bilionário para “alterar” a realidade e lucrar com oscilações de mercado já são bem conhecidas. Agora, um juiz conclui que Elon Musk mentiu sobre “compra” polêmica da Tesla em seu Twitter, o homem mais rico do mundo revelou falsas garantias sobre decisões que lesaram acionistas da empresa de carros elétricos.

publicidade
Elon Musk
(Imagem: Heisenberg Media via Wikimedia Commons)

Juiz decide em favor dos acionistas após informação falsa dada por Elon Musk

Essa foi a conclusão do juiz sobre o processo movido por acionistas que afirmam terem sido prejudicados por informação falsa dada pelo empresário.

Em 2018, Elon Musk usou seu perfil do Twitter para revelar a intenção da Arábia Saudita em financiar a compra da Tesla, tornando-a uma empresa privada.

publicidade

Os acionistas seriam “prejudicados” ao terem seus nomes limados do grupo associado de membros “donos” da Tesla, perdendo potencialmente muito dinheiro.

Esta é a reclamação na ação judiciada sobre o fato, os acionistas estão pedindo bilhões em ressarcimento por danos sofridos ao serem expostos a “informação deliberadamente falsa”, conforme a decisão do juiz.

Segundo a publicação do CNBC, os acionistas estão processando a Tesla devido ao “suposto” dinheiro que perderam após publicação de Musk no Twitter, em 2018.

Na ocasião, o empresário alegava considerar a transformação da Tesla em uma empresa privada (mediante aquisição de 100% das ações), pagando cerca de 420 dólares por ação e afirmando ter um financiamento garantido para tal oferta.

publicidade

Como todos sabemos, isso não foi efetivado, mas a simples informação do fato foi suficiente para movimentar o mercado e gerar expectativas nos acionistas, que agora estão cobrando as suas “perdas” ao CEO da montadora de carros elétricos.

Conforme informações do canal americano, os advogados dos acionistas disseram no após a audiência de sexta-feira (15), o juiz Edward M. Chen, que está presidindo o caso, chegou a conclusão de que Musk agiu com consciência ao fazer as falsas declarações sobre ter o financiamento garantido em seu tweet.

Comissão de valores mobiliários investigou Musk sobre fraude em seus tweets

A questão não parou por aí! Após ser investigado pela Comissão de Valores Mobiliários, ele sofreu multas que chegaram a 40 milhões de dólares, devido ao órgão considerá-lo culpado por fraude ao revelar as informações no Twitter, segundo o jornal The New Yok Times.

Elon Musk é conhecido por “falar” abertamente sobre seus negócios no Twitter, alegando “liberdade de expressão”, mas suas declarações têm tamanho poder que podem movimentar drasticamente os valores de ações no mercado.

publicidade

Em tempos tão conectados, os órgãos de fiscalização estão em cima da suposta prática de liberdade de expressão ser usada como ferramenta de manipulação do mercado. 

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar