Inverno cripto pode ter consequências dramáticas para o mercado: “Será o fim das criptomoedas?”

Você já ouviu falar do “inverno cripto”? O fenômeno determina um período de graves quedas e escassez de valor sobre o sistema, porém, o impacto pode ser muito maior do que o imaginado. Investidores e empresas do mercado de ativos digitais já vinham dando sinais de que a situação não estava favorável para eles, agora, até um dos principais fundos de criptomoedas está indo à falência. 

publicidade
Queda e instabilidade no mercado de criptomoedas pode resultar em empresas do ramo indo à falência (Imagem: Behnam Norouzi on Unsplash)

O termo “inverno cripto” se refere a um marco no mercado das criptomoedas onde o preço dos ativos cai consideravelmente enquanto não apresenta nenhuma disposição de valorização futura. Investidores mais antigos devem se lembrar de 2018, quando o mercado deu uma “quebrada”, após a forte valorização que sofreu em 2017.

3AC está indo à falência após calote

A Three Arrows Capital foi fundada em 2012 por Kyle Davis e Su Zhu e hoje é, ou era, uma das maiores do mundo no segmento de fundos de hedge de criptomoedas.

publicidade

Só para ter uma noção, a empresa, que tem como sede Cingapura, chegou a acumular US$18 bilhões em ativos digitais, situação que se reverteu rapidamente após a recente desvalorização das criptomoedas e principalmente pela queda repentina da Terra Blockchain, no mês de maio.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

A situação se escalou de tal maneira que no início desta semana surgiu o anúncio chocante de que a 3AC estava dando um calote de quase US$700 milhões em um empréstimo que havia feito na Voyager Digital em diversas criptomoedas, incluindo 15 mil Bitcoins.

Tribunal determina liquidação da empresa

Apenas alguns dias depois da notificação do calote, um tribunal das Ilhas Virgens Britânicas elaborou um documento onde pedia a liquidação da empresa, processo que deve ser assumido pelos sócios da Teneo Restructuring.

publicidade

Para piorar ainda mais a situação, a 3AC está sendo acusada pela FSInsight, uma firma de análise de investimentos, de conduzir um esquema de pirâmide conhecido como “old-fashioned Madoff-style Ponzi scheme” (nome dado em homenagem ao americano que conduziu o maior esquema de pirâmide da história dos Estados Unidos).

[a 3AC estaria] usando fundos emprestados para pagar juros de empréstimos emitidos por credores, enquanto falsificavam seus registros para mostrar retornos maciços sobre o capital”, disse a firma em nota.

Independente das violações da Three Arrows Capital, sua queda pode desestabilizar ainda mais o mercado das criptomoedas e é possível que vejamos outras empresas do ramo, independente do tamanho, acabarem no mesmo túmulo.

Fonte: SkyNews.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Veja mais ›
Fechar