ashley madison

2015 foi o ano da vulnerabilidade de dados

2015 foi o ano da vulnerabilidade de dados, já que foram muitos os incidentes de violação de dados que ocorreram nos últimos 12 meses. Alguns casos envolveram grandes companhias como a JP Morgan (83 milhões de registos), o site de infidelidade Ashley Madison (37 milhões de registos) e a empresa de tecnologia para prisão Securus (70 milhões de registos).

Ataque ao Ashley Madison pode abalar confiança dos usuários na privacidade online

O vazamento de informações pessoais de milhões de usuários da página de “entretenimento extraconjugal” Ashley Madison é mais um golpe na confiança dos usuários na privacidade de seus dados na Internet. Analistas da Kaspersky Lab acreditam que o incidente não só coloca em risco a segurança dos usuários, como também ameaça a sua situação financeira, pela divulgação de dados de cartões de crédito.

Rede social de casos extraconjugais tem dados hackeados

Com a premissa que “curtir um caso” é seguro, discreto e simples, o site de relacionamentos Ashley Madison, que opera no Brasil, conquistou popularidade e uma grande dor de cabeça. O coletivo hacker intitulado Impact Team conseguiu invadir os servidores da empresa e roubou todos os dados de usuários.