Barack Obama

China prendeu hackers suspeitos de atacar empresas norte-americanas

Sem grande aparato e a pedido dos EUA, o governo chinês capturou cibercriminosos nacionais suspeitos de terem roubado e vendido segredos comerciais de empresas norte-americanas. A operação aconteceu em meados de setembro e é vista como uma maneira de atenuar as tensões entre a China e os Estados Unidos, que já ameaçaram Pequim com sanções económicas caso persistam os ciberataques promulgados pelo governo.

Obama recomenda que Corte não atenda Google em julgamento sobre Java

A administração do presidente norte-americano Barack Obama tomou partido contra a gigante, ao solicitar que a Suprema Corte do país não ouça o apelo do Google em um caso contra a Oracle, com amplas implicações para a indústria de tecnologia, de acordo com documento apresentado à Suprema Corte norte-americana. O caso discute o quão abrangente

Obama propõe leis de proteção de dados

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, quer trabalhar com o Congresso em novas leis para proteger mais a privacidade dos norte-americanos e as informações que eles deixam no rastro de operações com celulares, computadores e outros equipamentos. Como exemplo da ameaça representada por hackers, enquanto Obama falava, a conta de Twitter do Comando Central dos

“A Entrevista” estréia sem problemas

Depois de vários avanços e recuos, a Sony Pictures decidiu manter a estréia do longa “A Entrevista”, nos Estados Unidos, para o dia de Natal, embora restrita a salas independentes, e não houve qualquer relato de problemas nas várias sessões de exibição que têm estado lotadas por todo o país. Como a B!T havia noticiado,

EUA vão deixar de espionar líderes aliados

O presidente Barack Obama anunciou a suspensão de manobras de espionagem sobre os líderes dos amigos e aliados. O Presidente apresentou ainda uma série de reformas desencadeadas após as revelações de Edward Snowden. Obama afirmou ter tomado medidas para tranquilizar os americanos e estrangeiros de que os Estados Unidos vão levar em conta as preocupações de

Barack Obama prefere BlackBerry à Apple por “questões de segurança”

A fabricante BlackBerry, que atravessa a sua pior fase, conquistou o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Numa reuinão que visava promover a nova legislação para o setor de saúde, Obama disse que não tem permissão para usar o iPhone da Apple, por “questões de segurança”. A Apple é uma das companhias que podem ter