cibercrimes

Cuidado: criminosos cibernéticos mandam SMS com ameaça

Há uma nova ameaça de criminosos cibernéticos contra usuários de telefones celulares por meio do SMS, é o que identificou a Stity Tecnologia, distribuidora das soluções Avast no Brasil. A falsa mensagem é para atualizar o cadastro para evitar que uma suposta conta bancária seja totalmente bloqueada e oferece um link para uma página mobile falsa que coletará as informações bancárias da vítima.

Principais ameaças à segurança da informação das startups, segundo Eset

O aumento do número de startups no Brasil tem superado as expectativas de analistas. Atenta à essa movimentação, a Eset, empresa global de segurança da informação, listou uma série de ameaças à segurança da informação que podem ajudar os empreendedores a evitar ataques de cibercriminosos e que podem prejudicar seriamente o negócio.

Falta de talentos em segurança cibernética deixa empresas e países vulneráveis

Este é um dos resultados do estudo da Intel Security, em parceria com o Center for Strategic and International Studies (CSIS). O levantamento global “Estratégias para a escassez de qualificação” destaca a crise da falta de talentos que está impactando a indústria de segurança cibernética, tanto nas empresas quanto nos países.

Sophos anuncia tecnologia de criptografia para dados compartilhados

A Sophos, especializada em segurança de rede, acena para o mercado com uma nova solução de criptografia sincronizada para proteção de dados de malware, hackers ou vazamentos acidentais. Segundo a empresa, a tecnologia possibilita a adoção de melhores práticas da criptografia Always-on para proteger dados acessados em dispositivos móveis, notebooks, desktops, redes locais e aplicações de compartilhamentos de arquivos na nuvem.

Gartner apresenta 6 tendências em cibersegurança

O instituto de pesquisas e consultoria global em tecnologia Gartner afirma que o aumento da presença digital nas empresas irá alterar significativamente o modo como os profissionais de segurança lidam com a proteção de dados. A consultoria diz que mais do que nunca esses colaboradores estão integrados às decisões referentes aos negócios digitais e, assim, devem trabalhar junto aos líderes do negócio para assegurar a proteção e a segurança da empresa. Pesquisas sobre o tema serão divulgadas durante a Conferência Gartner Segurança e Gestão de Riscos 2016, que acontece em São Paulo, nos dias 2 e 3 de agosto.

Crescem ataques do malware Nymain a instituições financeiras do Brasil

A Eset, empresa de segurança da informação, detectou que a familia do malware conhecido como Nymaim registrou aumento considerável de ataques nos últimos meses de 2016, superando 63% de detecções reportadas em todo o mundo. Entre os países alvo destaca-se o Brasil, com ataques direcionados, em especial, a instituições financeiras.

Trend Micro desvenda cibercrime brasileiro no Telegram

A Trend Micro, empresa de segurança da informação, verificou que os cibercriminosos brasileiros estão aprimorando seus golpes e novas plataformas para atacarem seus alvos. Segundo a empresa, eles são conhecidos por sua pouca idade e por disseminarem o resultado de seus roubos em redes sociais.

Cuidado: Copa América e Eurocopa são usadas em golpes online

Dois dos maiores eventos do futebol, a Copa América Centenário e Eurocopa da União das Federações Europeias de Futebol (UEFA), estão acontecendo neste mês. Michael Salat, gerente de Inteligência de Ameaças Móveis da Avast, alerta para o fato de que cibercriminosos adoram grandes eventos como estes, porque são momentos muito favoráveis para se aproveitarem do entusiasmo dos fãs. Todo o cuidado é pouco.

Hackers invadem perfis do Twitter para criar sites de conteúdo adulto

Pesquisa da Norton mostra que mais de 2,5 mil contas no Twitter foram hackeadas para promover sites de namoro e conteúdo adulto. Os hackers substituem a foto de perfil do usuário por fotos de mulheres em roupas e posições sensuais, modificam a biografia e o nome completo e começam a compartilhar os links.

Eset identifica novo malware para USB que não deixa rastros

Os investigadores do laboratório Eset, empresa de segurança da informação, descobriram um novo malware do tipo Trojan (cavalo de Troia) que se propaga por meio da entrada USB dos computadores. Detectado como Win32/PSW.Stealer.NAI e apelidado de “Thief USB”, esse código malicioso se destaca por sua capacidade de não deixar rastros no equipamento infectado.

Palo Alto Networks identifica malware que infecta iPhones

A unidade de pesquisas da empresa de segurança de rede Palo Alto Networks (Unit 42) identificou um novo trojan capaz de infectar dispositivos iOS que não passaram por jailbreak – aqueles que não tiveram o sistema operacional desbloqueado para a instalação de softwares não autorizados pela Apple. Chamado “AceDeceiver”, o malware afeta atualmente usuários Apple na China.

Hacker brasileiro vende serviço de checagem de credenciais roubadas de cartão de crédito

Ele tem entre 17 e 18 anos, o chamam de “Fama”, e está comercializando em fóruns do Underground Brasileiro o seu serviço CheckerCC, que checa credenciais de cartões de crédito roubadas ou geradas recentemente e custa por mês cerca de R$100. Foi o que desvendou a equipe de Pesquisa de Ameaças Futuras (FTR) da Trend Micro, empresa de segurança da informação.

WhatsApp é canal de golpe brasileiro da ‘vídeo chamada’

O alerta é da Kaspersky Lab, empresa de segurança digital. Segundo ela, um dos recursos mais usados por criminosos para disseminar ataques em redes sociais e aplicativos populares é prometer funcionalidades que ainda não existem. Além disso, usa engenharia social para que os próprios usuários disseminem o golpe.

Cibersegurança: Obama quer ampliar orçamento para proteger governo

Quando o assunto é segurança da informação, ninguém está totalmente protegido, ainda que seja uma potência como os Estados Unidos. Não por acaso, o seu presidente Barak Obama incluiu em sua proposta de orçamento para o ano fiscal de 2017 a solicitação de nada menos do que US$ 19 bilhões para a segurança cibernética de todo o governo norte-americano. O que representa um aumento de US$ 5 bilhões em relação a este ano, de acordo com funcionários do alto escalão.

Quais foram as principais ameaças de segurança no mundo em 2015? Confira

A Eset, fornecedora global de soluções de segurança, divulga relatório sobre as ameaças virtuais que aconteceram em 2015. O estudo aponta que os usuários têm ficado cada vez mais exigentes com os serviços que contratam na internet, em relação à proteção das informações. A seguir, confira as que se propagaram em cada um dos meses do ano passado.

Operação cibercriminosa Black Atlas ameaça PMEs, revela estudo da Trend Micro

A equipe de Pesquisa de Ameaças Futuras (FTR) da Trend Micro, empresa de segurança da informação, descobriu uma campanha que possui ampla rede de conexões do mercado clandestino com malwares em pontos de venda PoS. É a Black Atlas, em referência ao BlackPOS (principal malware usado nessa operação) e tem como alvo principal pequenas e médias empresas (PMEs).

Trend Micro compra HP TippingPoint por US$ 300 milhões

O acordo de cerca de US$ 300 milhões engloba tecnologia de segurança, propriedade intelectual, conhecimento da indústria e base de clientes que inclui grandes empresas. A aquisição coloca a Trend Micro como a provedora “expert” de soluções de defesa de ameaças dinâmicas que abrangem endpoints, redes, data centers e cloud. A empresa também irá criar

Setor de saúde sofre com incidentes de segurança e ciberataques

A Raytheon|Websense, empresa global de segurança da informação, divulga o Relatório e Análise de Saúde em 2015, desenvolvido pelo Websense Security Labs, que avalia o cenário atual das ciberameaças e dos ataques contra o setor de saúde para roubo de dados médicos. O estudo mostra que o setor está cada vez mais vulnerável.

McAfee Labs avalia trajetória de 5 anos de ciberataques

A Intel Security divulga o Relatório de ameaças do McAfee Labs: agosto de 2015, que inclui uma investigação sobre as principais técnicas de exfiltração usadas pelos cibercriminosos e uma retrospectiva de cinco anos sobre a evolução do cenário de ameaças desde o anúncio da aquisição da McAfee pela Intel Corporation há cinco anos.