mercado financeiro

Blockchain: já é uma realidade?

De forma cíclica e recorrente, sempre estamos diante de alguma revolução. Novas maneiras de relacionamento com pessoas, famílias, empresas e governos são apresentadas, com a promessa de mudar tudo e nos colocar num patamar mais elevado do desenvolvimento humano e social. Algumas tecnologias recentes nos afastaram, mas já existe uma nova que promete nos reaproximar. Sim, estou falando de blockchain.

Stefanini reforça ofertas para o mercado financeiro na América Latina

A Stefanini, juntamente com a uruguaia Top Systems, reforçou sua plataforma de serviços e produtos específicos para o mercado financeiro investindo em soluções bancárias na América Latina, por meio de softwares de gestão (core) para instituições financeiras que contemplam soluções para bancos, microcrédito e Compliance. Segundo Marcelo Ciasca, CEO da Stefanini para a America Latina,

Equinix recebe certificação de segurança para dados de cartão de crédito

A Equinix, especializada em interconexão global de data centers, recebeu a certificação PCI-DSS 3.0 para suas quatro instalações no Brasil. O selo atesta a segurança dos dados de transações feitas por meio de cartões que trafegam dentro dos data centers da companhia, a fim de prevenir fraudes. É um importante atestado de confiabilidade para organizações

Plataforma de comércio de Bitcoins chega ao Brasil

Criada por um antigo membro do Deutsche Bank, a FlowBTC é uma plataforma de câmbio de Bitcoins que acaba de chegar ao Brasil, com o objetivo de preencher as falhas existentes no mercado da moeda digital e oferecer aos usuários brasileiros uma forma otimizada de lidarem com a moeda digital. Numa entrevista ao CoinTelegraph, Marcelo Miranda,

Risco de crédito é a principal preocupação dos bancos em 2015

A SunGard, empresa global de tecnologia, consultoria e serviços para o mercado financeiro, divulgou um estudo com 120 gestores de risco de bancos brasileiros, internacionais, privados e públicos que atuam no Brasil. Os profissionais foram questionados sobre quais os tipos de risco são os mais relevantes para o ano de 2015. A pergunta foi aberta