Quer ver algo surpreendente no céu em Junho? Descubra como!

Imagina assistir Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno alinhados no céu? É o alinhamento dos 5 planetas, aparição que poderá ser vista em junho de 2022, que teve início na sexta-feira (3), mas não se encerrará tão cedo.

publicidade
Alinhamento raro de 5 planetas ocorre no decorrer de junho (Reprodução NASA)
Alinhamento raro de 5 planetas ocorre no decorrer de junho (Reprodução NASA)

Quando e como poderei ver o alinhamento dos planetas?

Ao longo dos dias, ficará ainda mais visível o acontecimento. Para tentar visualizar o alinhamento dos planetas é preciso acordar cedo, já que a rara manifestação ocorre com a lua e a partir do nascer do sol. Em entrevista ao 1News, o educador de astronomia do Observatório Stardome, Josh Aoraki, revelou que os observadores de estrelas devem conseguir detectar os planetas a olho nu, ou com binóculos, cerca de 30 minutos antes do nascer do sol.

Quem tiver interesse em assistir, deve descobrir o horário do nascimento solar em sua região. Pelo site timeanddate.com é possível digitar o nome da sua localização, alterar a data e verificar o horário que Mercúrio nasce onde você está.

publicidade

Desde março deste ano que Júpiter, Marte, Saturno e Vênus se preparam para a apresentação. Segundo o astrônomo, a medida que o mês vai passando, ele vai subindo e ficando cada vez mais visível, podendo ser viso a olho nu.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Desta forma, até o final de junho, todos os planetas estarão lineares com a lua, depois uma crescente minguante, e ficando alinhados por volta do dia 24 de junho pelo prazo estimado de 24 horas.

Especialistas astrônomos esperam a super Lua no próximo mês

Aoraki contou também que após o alinhamento dos planetas, os especialistas esperam por um novo fenômeno em julho: a chuva de meteoros Delta Aquariid.

publicidade

Para entender melhor o que é esse outro evento, é quando à Terra gira em torno do sol e encontra uma órbita inconstante de um cometa deixando vestígios como poeira. Essas rochas espaciais vão em direção à atmosfera.

A NASA explica que: “o que vemos é um ‘meteoro’. Esta faixa brilhante não é realmente a rocha, é o ar quente e brilhante enquanto a rocha quente se espalha pela atmosfera. Quando à Terra encontra muitos meteoros em simultâneo, nós os chamamos chuvas de meteoros.”

Segundo o EarthySky, o pico nominal da chuva de meteoros Delta Aquariid é no final de julho. Mas, a chuva continua constante em agosto, enquanto a Lua Nova ocorre no dia 28 de julho.

 

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Veja mais ›
Fechar