5 principais cuidados ao comprar um carro usado

Possuir um automóvel é o sonho de muitos brasileiros. Mas, infelizmente, nem todo mundo tem condições de comprar um carro novo. Nesses momentos, a melhor opção pode ser ir para o mercado de usados, onde é possível pegar o veículo dos seus sonhos por um preço bem mais acessível. Mas nem tudo é tão fácil.  É preciso tomar vários cuidados ao comprar um carro usado.

publicidade
cuidados ao comprar um carro usado
Cuidados para se tomar ao comprar um carro usado (Imagem: JESHOOTS.com no Pexels)

Embora possam ser ótimas oportunidades de negócio, deve-se ficar atento a alguns detalhes na hora de adquirir um veículo de segunda mão. Assim, você consegue diminuir ao máximo os riscos de se arrepender mais lá para frente.

Pensando nisso, nós montamos essa lista com algumas das coisas nas quais deve prestar atenção na hora de decidir se aquele carro usado é ou não uma boa opção para você. Confira!

publicidade

5 cuidados que se deve tomar ao comprar um carro usado

  • Teste drive

Esse é o passo mais importante. Isso porque existem defeitos que você só percebe enquanto dirige o veículo. Além disso, você poderá ter uma ideia de como vai se sentir enquanto passeia pela rua ou vai para o trabalho.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Problemas no motor e peças soltas também são facilmente identificáveis durante o teste drive. É importante checar alterações nos freios, volante, embreagem, acelerador e câmbio, além de mais alguns detalhes que só é possível perceber quando o carro está em movimento.

publicidade
  • Vistoria completa

Identificar problemas simples é algo relativamente fácil para quem já é acostumado com automóveis, mas nada supera uma boa revisão feita por um profissional de confiança.

Essa é a melhor maneira que você tem de garantir que o “seu” carro não está lhe reservando nenhuma surpresinha.

  • Pesquisa de preços
publicidade

Não podemos esquecer que isso é uma compra. Então, avaliar os preços e fazer comparações vai te dizer se um determinado produto é ou não uma vantagem. Para isso, temos a famosa Tabela FIPE, que dá uma base de preço médio de várias marcas e modelos.

Mas fazer uma pesquisa nos mercados locais é a melhor opção. Seja em plataformas digitais como o Marketplace do Facebook e a OLX, ou até mesmo indo procurando pessoas que entendam do assunto na sua região, isso pode te dar uma vantagem enorme na hora da procura.

Lembre-se de se manter seguro, evite encontros desnecessários com possíveis donos de carros e se precisar sempre os faça em locais abertos, e de preferência cheios de pessoas. Ir acompanhado também ajuda bastante.

  • Regularidade

Por fim, faça as devidas checagens sobre o estado legal do veículo. Começar pelo DETRAN local sempre é o básico. Verifique se o carro tem pendências como multas e atrasos no IPVA. Verifique também se o automóvel já fez ou faz parte de algum processo jurídico.

Algumas pessoas cometem fraude ao vender veículos com restrições judiciais, e o pior: quem fica com a dor de cabeça é quem comprou, tendo que recorrer a processos para regularizar o carro, que pode até ser apreendido.

Se atente também a titularidade, se o veículo ainda estiver em nome do antigo dono ele pode ser confiscado em casos envolvendo a justiça, já que consta como propriedade daquela pessoa.

Dica bônus!

Como dica bônus, é bom prestar atenção no mercado de automóveis para determinar a porcentagem de desvalorização do carro que você quer comprar. Embora não seja extremamente necessário, isso pode ser bem útil caso você decida vendê-lo depois.

E aí? Depois dessas informações você acha que já está pronto para procurar um carro todinho seu? Comenta aí se este artigo foi útil!

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar