99 anuncia medida radical após acidente com ex-BBB Rodrigo Mussi

O 99 anuncia uma nova funcionalidade em seu serviço que permite o bloqueio de passageiros que se recusem a utilizar o cinto de segurança. A mudança aconteceu após o acidente na última semana com o ex-BBB e influencer Rodrigo Mussi.

publicidade
99 anuncia bloqueio de passageiros
Como ficou o carro em que o ex-BBB Rodrigo Mussi estava (Foto: Divulgação / CET)

A 99 desenvolveu uma série de ferramentas para fomentar uma comunidade mais segura. Por um lado, conscientizamos os usuários para promover a importância de uma viagem com segurança; por outro, investimos em medidas que possam coibir acidentes”, disse a empresa em nota.

O acidente ocorreu na Marginal Pinheiros, em São Paulo. Rodrigo, que estava sem cinto de segurança no banco traseiro do veículo, foi  arremessado para fora do carro durante uma corrida da 99. A partir de agora, entretanto, os motoristas terão a opção de recusar corridas em casos onde o passageiro decida não utilizar o equipamento de segurança.

publicidade

“Dentre as medidas, iniciamos ações massivas de educação e iremos aprimorar as nossas políticas para manter o ambiente mais seguro para todos os usuários. Já está ativa a possibilidade de o motorista cancelar a viagem caso o passageiro se recuse a usar a proteção, sem sanção ao condutor”, completou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

99 anuncia bloqueio de passageiros sem cinto de segurança

Além disso, a 99 também adicionou avisos extras para os clientes onde é pedido que os mesmos coloquem o cinto de segurança no início das corridas. O próximo passo seria a implementação de comunicados por voz no aplicativo.

Além de bloquear corridas, nas próximas semanas também será possível que motoristas e passageiros reportem viagens onde a outra parte não utilizou o cinto. Alertas serão dados e pessoas que reincidirem no desrespeito às regras poderão ser removidos da plataforma.

Nas próximas semanas, haverá um espaço dedicado para motoristas e passageiros reportarem viagens sem o uso do cinto de segurança – ou seja, com mais facilidade no app

publicidade

A empresa termina o comunicado dizendo que tem trabalhado “todos os dias pela nossa comunidade, reforçando direitos e deveres, respeito e cuidado, para um ambiente seguro para todas e todos”.

Empresa já mostrava preocupações com a segurança dos usuários de sua plataforma

Desde 2020, quando lançaram o Guia da Comunidade, em parceria com o Instituto Ethos, a 99 vem demonstrando preocupação extra com a segurança dos motoristas e passageiros do serviço. O guia em questão orienta usuários sobre como devem se comportar nas viagens feitas pela plataforma, com um capítulo dedicado à direção segura, com foco no uso de cinto de segurança por todos os ocupantes.

Vale lembrar que o uso do cinto de segurança no Brasil consta nas leis de trânsito como obrigatório, não sendo uma exceção em viagens por aplicativo. Mas dados do IBGE mostram que metade dos brasileiros dispensam o uso do mesmo, principalmente passageiros.

E você? Usa cinto de segurança em todas as suas viagens?

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Veja mais ›
Fechar