A NASA pretende reencontrar em breve sua velha amiga Lua com nova missão tripulada

NASA quer continuar a explorar o espaço e agora vai começar testes para a visita de uma velha amiga: a Lua. A missão Artemis I tem previsão de ocorrer em 2024 e será a primeira tripulada para pousar no satélite em muitos anos.

publicidade
Parte do foguete da Missão Artemis I. (Divulgação – NASA)

Velha amiga da NASA

A NASA iniciará no sábado (18) o próximo teste de ensaio molhado (refletindo todas as etapas de lançamento) de seu “Sistema de Lançamento Espacial” (SLS), em conjunto com a espaçonave Orion no Centro Espacial Kennedy, na Flórida.

Em publicação, a NASA afirmou que:

publicidade

“Os testes serão feitos para ensaiar operações como carregar propulsores, realizar contagem regressiva completa de lançamento e drenar os tanques para dar a oportunidade de praticar os cronogramas e procedimentos que irão usar para o lançamento oficial”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

O foguete fará parte da missão Artemis I Moon da NASA e retornou à plataforma de lançamento 39B do espaçoporto na segunda-feira (6), após uma jornada de oito horas desde o Edifício de Montagem de Veículos.

“As equipes carregarão mais de 700.000 galões de propulsores criogênicos, ou super frios, incluindo hidrogênio líquido e oxigênio líquido no foguete na plataforma de lançamento do lançador móvel, de acordo com o cronograma detalhado que usarão no dia do lançamento real”, diz a NASA.

Apollo e Artemis: nova representatividade

A primeira pessoa a pisar na lua foi Neil Armstrong, em 1969, durante a corrida espacial da Guerra Fria entre os Estados Unidos e a Rússia. A missão ficou conhecida como Apollo 11.

publicidade

O objetivo da NASA é retornar à Lula em 2024, mas não só fazer com que seja uma breve visita, seria o primeiro passo no processo de colonização lunar, que se tornará uma ponte entre Terra e Marte.

Após mais de 50 anos, a nova missão foi nomeada pelo nome da irmã gêmea de Apollo, a deusa Artemis. Conhecida no panteão por representar a caça, na natureza e considerada protetora das mulheres.

O nome da missão não foi escolhido por acaso.

Os testes estão a todo o vapor e prometem um feito histórico: pousar a primeira mulher na Lua, abrindo caminho para uma presença no satélite de longo prazo e servindo como um trampolim para enviar astronautas a Marte.

publicidade

Rumo ao inexplorado além da Lua

Além de levar a primeira mulher à Lua, a missão Artemis, desenvolvida pela NASA e também por empresas da iniciativa privada, criou o maior foguete de todos os tempos.

Com um valor maior do que 12,5 bilhões de dólares, o foguete que levará os astronautas tem a altura maior do que um prédio de 30 andares. Este foguete tem capacidade para levar 4 pessoas numa viagem espacial de ida e volta até a Lua e, futuramente, até Marte.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar