NASA caça OVNIs com nova equipe de pesquisadores

A NASA divulgou na última quinta-feira (09) que está formando um time independente para pesquisar Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs). Os esforços parecem uma repercussão das reuniões sobre o tema, voltadas aos senadores norte-americanos.

publicidade
NASA/Divulgação

Não é o que parece

Um extraterrestre, provavelmente, não tem a forma física que você imagina (um ser vivo animado como no filme ‘ET: o extraterrestre’). As pesquisas feitas pela Agência Nacional da Aeronáutica e Espaço dos EUA querem garantir mais informações pertinentes sobre estes objetos.

A equipe especial liderada pelo astrofísico, David Spergel, sob a Diretoria de Missões Científicas da NASA, tentará identificar quais dados existem de fato e chegar a conclusões mais lógicas.

publicidade

Conforme a nota, observar e estudar estes objetos se alinha com os interesses da agência espacial, embora seja improvável que alienígenas possam aparecer desta maneira.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Segurança e informação

O estudo é importante, pois busca diferenças nestes fenômenos espaciais que, na maioria das vezes, podem ser causados por uma ordem natural do Universo. Segundo a equipe, um dos objetivos é assegurar a proteção espacial, pois, na sigla da NASA, o “A” significa ‘Aeronáutica’, então, é um dever endossar o compromisso com a segurança do espaço aéreo.

Outro objetivo é garantir que informações sejam coletadas de forma correta, para se melhorar o entendimento do assunto no futuro. Além deste novo programa, a NASA mantém as pesquisas nas áreas de astrobiologia que se concentra nas origens, evolução e distribuição da vida além da Terra. Estas pesquisas estão ligadas às sondas em Marte e também aos estudos nos oceanos.

publicidade

Esforços conjuntos

O estudo levará ao todo cerca de nove meses. Várias pessoas do conselho de especialistas da NASA, comunidades científicas norte-americanas e outros pesquisadores da aeronáutica estão concentrados para analisar que dados serão coletados.

“Conforme os princípios de abertura, transparência e integridade científica da NASA, este relatório será compartilhado publicamente”, disse Daneil Evans, um dos responsáveis pela Diretoria de Missões Científicas.

A nota também afirma que a NASA não medirá esforços para angariar estudos de sinais de vida fora da Terra. Com isso, reforça a importância das missões Transiting Exoplanet Survey Satellite e do Telescópio Espacial Hubble que estão procurando sinais de exoplanetas habitáveis.

Além disso, o Telescópio Espacial James Webb irá tentar detectar bioassinaturas em atmosferas ao redor de outros planetas. Porém, como divulgado pela NASA, o telescópio foi atingido por um micrometeoroide em um dos espelhos no mês passado.

publicidade

A Agência espera que o telescópio continue funcionando normalmente e diz que “o impacto deste tipo de meteorito é inevitável para qualquer nave espacial”.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar