Alexa vai a Lua: assistente da Amazon estará a bordo da Orion

Alexa vai à lua como parte da Calisto, um experimento para testar a utilidade de assistentes virtuais durante missões.

publicidade
Alexa vai a Lua
Imagem: bbc

Alexa vai à Lua em missão de importância histórica

A famosa assistente de voz da Amazon será enviada ao espaço como parte da Artemis I, primeiras de várias missões presentes no projeto Artemis, programa liderado pela Nasa e os Estados Unidos, no qual o Brasil faz parte desde meados do ano passado, com o intuito de levar a primeira mulher e a primeira pessoa negra à Lua em 2024.

De acordo com o que a Amazon disse em nota, a Alexa se juntará a missão como parte da Callisto, uma:

publicidade

demonstração da tecnologia incorporada à espaçonave Orion

Cuja integração:

Ajudará os envolvidos a explorar como a tecnologia de voz e a inteligência artificial (IA) podem ajudar os astronautas em missões futuras.

Já temos até novidades nas assistentes por voz, para aqueles que possuem o aparelho em casa. Ao dizer a frase “Alexa, me leve para a Lua” a assistente traz informações sobre a missão.

publicidade

Leia mais: Telescópio James Webb chega ao espaço como missão mais cara da NASA

Como é uma missão da NASA?

O fato mais curioso sobre essa situação é que essa notícia vem só alguns meses após o processo de Jeff Bezos à NASA pela perda de um contrato de 2,9 bilhões de dólares para a SpaceX, contrato no qual estavam os direitos sobre a construção de um foguete para o próprio programa Artemis.

O voo não tripulado será o primeiro feito pelo foguete de próxima geração SLS (Sistema de Lançamento Espacial), fabricado pela Boeing.

Na missão teste a cápsula Orion será lançada pelo foguete, ao redor da Lua. As únicas coisas a bordo serão manequins, mas os participantes da Callisto montaram uma tripulação virtual no Johnson Space Center da NASA em Houston, nos EUA.

publicidade

Assim os astronautas poderão fazer as interações remotamente enquanto demonstram o funcionamento das tecnologias de voz e vídeo enquanto utilizam a assistente virtual para fornecer dados da missão, tem até a possibilidade de acionar dispositivos conectados a bordo da cápsula através dela.

A missão teste será praticamente um show ao vivo já que tudo será compartilhado online, com o público.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar