Apple lança kit inédito para conserto do iPhone em casa

Os usuários de produtos da Apple com algum conhecimento sobre reparos de aparelhos ficarão felizes com essa nova notícia. A gigante da tecnologia passará a comercializar kit para conserto do iPhone em casa. 

publicidade
Apple lança kit para conserto do iPhone em casa
Apple lança kit para conserto do iPhone em casa. (Imagem: Divulgação/The Verge)

Assim, será possível otimizar tempo, sem a necessidade de recorrer a uma unidade licenciada para consertar qualquer dano no iPhone. Porém, é importante estar ciente de que não se trata de uma venda, e sim aluguel do kit para conserto do iPhone, denominado do Self Service Repair Store. 

Mas tem um porém, o que muitos também não sabem é que o aluguel desse kit para conserto do iPhone é composto por duas grandes malas de ferramentas cujo peso estimado é de 36 kg. Recentemente, o jornalista do The Verge, Sean Hollister, alugou o conjunto após decidir que gostaria de tentar trocar a bateria de um iPhone 13 Mini por conta própria. 

publicidade

A Apple então, disponibilizou duas caixas enormes e repletas de vários itens para reparo do pequeno dispositivo. O tamanho do pacote para conserto de um aparelho tão singelo pode ser justificado pela inclusão de todos os materiais necessários não apenas para conserto, como também para a montagem de um iPhone do zero por quem tiver o conhecimento necessário. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Um exemplo é a estação de aquecimento industrial que está dentro de uma dessas malas e uma enorme prensa de mola na outra. 

Experiência de reparo do iPhone

O jornalista contou que a experiência de reparo do iPhone por conta própria foi um tanto quanto desastrosa. Apesar da presença de um manual explicativo sobre a troca da bateria, ele alega que as instruções foram inúteis quando a máquina de aquecimento apresentou um erro durante um dos processos. 

publicidade

Segundo Hollister, o que parecia ser uma simples tarefa de desparafusar os minúsculos parafusos se tornou uma das etapas mais difíceis mesmo com o uso de equipamentos de torque sofisticados da Apple. E para piorar ainda mais a situação, o iPhone não reconheceu a bateria original enviada pela própria fabricante. 

Segundo Hollister, o celular passou a mostrar um aviso de “peça desconhecida” e orientava o usuário entrar em contato com uma empresa terceirizada da marca para a validação do componente. Esse processo exige a execução de certos diagnósticos no iPhone que permitem que os técnicos tenham acesso remoto ao telefone.

Após enfrentar esses desafios, o jornalista do The Verge afirma que o serviço não é indicado para usuários sem conhecimentos de hardware de celulares. Além das pessoas ficarem perdidas diante de tantos materiais, as chances de algo dar errado durante o reparo são muito grandes.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar