5G

UE alerta sobre riscos de segurança em redes 5G

A União Europeia alertou nesta quarta-feira sobre o aumento de ataques cibernéticos por entidades apoiadas por Estados e grupos de fora da UE e afirmou que é crucial avaliar os riscos apresentados por fornecedores de equipamentos de telecomunicações que possuem participação significativa de mercado na região.

Ericsson vê rede 5G em operação no Brasil até início de 2021

A fabricante sueca de equipamentos de telecomunicações Ericsson espera que a rede móvel 5G do Brasil entre em operação até o início de 2021, vários meses depois do leilão de espectro agendado para março do ano que vem, disse à Reuters o presidente da companhia para América Latina e Cone Sul, Eduardo Ricotta.

Ericsson e Vodafone lançam 5G em Londres

A liderança da tecnologia 5G da Ericsson esteve no centro do lançamento de serviços comerciais da Vodafone no Reino Unido com a ativação do 5G para clientes individuais e empresas em Londres.

Estudo | Potencial disruptivo do 5G subestimado por executivos

Segundo os resultados de um estudo global da Accenture, os executivos das áreas de negócio e de tecnologia subestimam o potencial disruptivo da tecnologia 5G. Um inquérito a executivos de empresas de grande e média dimensão em 10 países concluiu que 53% dos inquiridos acredita que existem poucas vantagens adicionais que a rede 5G lhes pode trazer face às redes 4G, ao nível da velocidade e capacidade de rede.

UE exige estudo de riscos de 5G, mas não proíbe Huawei no bloco

Os países da União Europeia serão obrigados a compartilhar dados sobre riscos de segurança cibernética de 5G e produzir medidas para combatê-los até o final do ano, disse a Comissão Europeia nesta terça-feira, ignorando os avisos dos Estados Unidos para banir os dispositivos da chinesa Huawei no bloco.

Intel quer ir além de celulares em acordos de infraestrutura 5G

A Intel anunciou novos chips e parcerias que espera convencer seus investidores de que os bilhões de dólares em pesquisa e desenvolvimento despejados na tecnologia de rede 5G serão recompensados. A Intel, segunda maior fabricante de chips do mundo em receita, entrou no mercado de dados sem fio com a aquisição da fabricante alemã Infineon

América Latina com 28% de espectro sugerido pela UIT para 2020

Sem mais espectro para a indústria de telecomunicações móveis, não será possível satisfazer as crescentes necessidades de banda larga da sociedade, arriscando o potencial de progresso nos países, onde cada vez mais usuários e empresas incorporam tecnologias móveis às suas atividades.

Huawei quer liderar redes 5G

A Huawei está estabelecendo vínculos comerciais mais estreitos com grandes operadores de telecomunicações em toda a Europa e Ásia.

5G