Estradas no céu para carros voadores começam a ser planejadas

Ainda é um pouco de ficção científica, mas empresas com visão no futuro já acreditam nos modelos de veículos aéreos. Então, estradas no céu estão sendo planejadas para carros voadores. Será que chegaremos tão rápido a isso?

publicidade
Imagem de projeto eVTOL da Embraer (Imagem: Embraer/Divulgação)
Os eVTOL são veículos elétricos voadores, empresa brasileira Embraer está avançando no desenvolvimento (Imagem: Embraer/Divulgação)

Especialistas acreditam que estradas no céu e carros voadores serão uma realidade

O nome da empresa “supostamente” visionária é Skyroads que, apesar do nome em inglês, é originária na Alemanha. Ela já está pensando em protótipos e fazendo pesquisas sobre a criação de “estradas” viáveis para “carros voadores”, quando estes forem criados, visando a segurança e confiabilidade do transporte.

Apesar de ser um tanto quanto “acelerada” e “à frente demais” de nossa realidade, muitos especialistas já estão confirmando que dentro de alguns anos os carros voadores serão uma realidade para os humanos, segundo publicação do The Sun.

publicidade

Mudanças na tecnologia de transportes já foram experimentadas diversas vezes por nossa raça, as estradas de terra para cavalos, as feitas de pedras para as carruagens e finalmente o asfalto para a, até então, “impossível” criação de “veículos motorizados de combustão interna” — também conhecidos como carros. 

Apenas por esse motivo já valeria a pena começar a pensar em como organizar o trânsito para esses novos veículos, visto que já temos sérias restrições no controle do tráfego aéreo para aviões, helicópteros e até drones.

Empresa quer estar na vanguarda quando a demanda aparecer

Esse é o objetivo de toda a organização que investe em seu valor futuro: estar preparada para atender que oportunidades poderão surgir e o caso não é diferente para a Skyroads.

Uma das principais alegações da empresa alemã é que, diferente do caso da evolução de estradas para veículos com rodas, a base já fora feita e apenas readaptada para a nova tecnologia. Com os “carros voadores”, este não é o caso.

publicidade

Apesar do já existente controle de tráfego aéreo, segundo a visão do seu CEO, Corvin Huber, essas regras não seriam suficientes para organizar uma possibilidade de “trafego livre”. Com o transporte de pessoas e cargas, seria um grave risco “sobrepor” formas distintas de tráfego para conviver com as regras antigas. 

O objetivo de Huber fica claro, quando revelado em entrevista para o jornal britânico:

“Fundei a Skyroads com um objetivo: tornar o voo acessível para todos”

A análise da empresa sobre o futuro dos transportes é algo onde as cidades serão tomadas com aeronaves eVTOL (veículos aéreos elétricos) voando, com suas decolagens e aterrissagens verticais.

publicidade

Quando questionado sobre o quão real é a viabilidade dos esforços de sua empresa, o CEO é enfático ao dizer: “A Mobilidade Aérea Urbana está chegando. A velocidade com que ela dependerá da rapidez com que alguns dos desafios são resolvidos”, resumindo o desafio.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar