Google Maps: como rastrear amigos e familiares

É possível rastrear amigos e familiares através do Google Maps. Mas, o ideal é que se faça isso apenas com autorização mútua e visando a segurança. A plataforma oferece uma maneira simples de configurar o rastreio de pessoas.

publicidade
(Imagem: Leandro Kovacs/Bit Magazine)

Sabendo onde todos estão com o Google Maps

Justamente para prevenir perseguições indesejadas, a funcionalidade de rastrear amigos e familiares do Google Maps só é ativada após o compartilhamento de localização por quem gostaria de ser encontrado.

Porém, se o objetivo é rastrear em tempo real um amigo ou familiar que compartilhou a sua localização — como já é feito no WhatsApp —, o Google Maps também permite isso. Lembrando que a função no mensageiro é integrada à ferramenta do Google.

publicidade

Compartilhando em dispositivos iOS

Caso queira compartilhar com alguém que tenha uma conta do Google (necessário), adicione seu endereço do Gmail aos seus contatos do Google.

  1. Em seguida, abra o Google Maps no seu dispositivo, toque na sua foto de perfil e, em seguida, escolha compartilhamento de localização;
  2. Agora, toque no botão Compartilhar localização;
  3. Defina quanto tempo pretende compartilhar a localização com os escolhidos;
  4. Pode-se marcar quantos nomes forem necessários de sua lista de contatos;
  5. Ao final, toque no botão “Compartilhar” (os selecionados receberão um alerta para rastreá-lo).

Compartilhando localização no Google Maps em dispositivos Android

Pelo fato do sistema já ser nativo do Google, a configuração é mais simples. 

  1. Vá ao Google Maps e toque na sua foto de perfil;
  2. Em seguida, escolha o “compartilhar local”;

  3. Toque em “Compartilhar localização”;

  4. Agora, pode-se ter que permitir que o Maps acesse seus contatos;
  5. De forma simples, selecione quanto tempo deseja compartilhar sua localização e marque cada pessoa que deseja.

Compartilhando a partir do PC

Temos agora uma situação problemática. Infelizmente, só é possível compartilhar a própria localização ao vivo através do uso de um dispositivo móvel (tablet e smartphones).

Por outro lado, ainda é possível ao usuário visualizar a localização de outra pessoa — que tenha feito os processos anteriores — na versão desktop do Google Maps.

publicidade

Se a intenção for finalizar o compartilhamento de sua posição ao vivo, é possível parar de compartilhar a informação com alguém através do PC, na versão de desktop. 

A funcionalidade é bem próxima da utilizada com o WhatsApp, mas agora você já sabe que pode fazer o compartilhamento de localização em tempo real sem a necessidade de outro aplicativo como intermediário. Use com sabedoria e boa sorte.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar