iFood é autorizado para ser 1º app de delivery com drones do Brasil

Desde sexta-feira, 21, é permitido realizar entregas comerciais via drones no Brasil, inclusive de alimentos, de acordo com a decisão recente da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

publicidade

Em parceria com a startup Speedbird Aero, o Ifood será o primeiro app de delivery da América Latina a operar via drone, enquanto na China, empresas como a Meituan já realizam esse tipo de serviço.

iFood é autorizado para ser 1º app de delivery com drones do Brasil
Imagem: Divulgação

Para realizar as entregas, apenas drones do modelo DLV-1 NEO poderão ser usados, em rotas em um raio de 3km, com cargas de até 2,5 kg.

publicidade

“É uma conquista única para o Brasil. Esse é um marco histórico na aviação, mas também no desenvolvimento da sociedade. É o início de uma mudança que traz novas maneiras e agilizará as entregas em diferentes contextos ao colocarmos o uso de um modal aéreo em parte de uma rota de entrega”, diz Fernando Martins, head de logística e inovação no iFood. “Os drones complementam a entrega realizada pelos entregadores em parte do percurso, com a retirada do pedido em um droneport”, destaca o gestor.

Testes realizados 

De acordo com a Ifood, os drones fazem parte apenas do trajeto. Eles levam o pedido até uma área específica e segura para pousos e decolagens de drones, como se fosse um droneporto e no local, o pedido é coletado por um entregador que o transporta até o cliente.

Leia também: ‘Segredos’ do Instagram que você não deveria descobrir (mas nós te contamos)

Durante o teste acompanhados pela Anac, foram realizadas mais de 300 entregas de pedidos enviados a mais de 20 restaurantes parceiros na região do Shopping Iguatemi de Campinas (SP). Em 2021, transportando entre as cidades de Aracaju e Barra dos Coqueiros, o serviço conseguiu reduzir o tempo do percurso de 2,8 km de cerca de 25 minutos para 5 minutos.

publicidade

“A diminuição dos tempos de entrega, a redução de custos e das emissões de poluentes, e otimização do tráfego terrestre são apenas alguns dos benefícios dessa atividade inovadora”, afirmou Manoel Coelho, CEO e cofundador da Speedbird Aero.

iFood passa de 60 milhões de entregas mensais

O iFood ultrapassou as 60 milhões de entregas mensais no Brasil, e serve mais de 270 mil restaurantes em mais de 1.200 cidades. Não é fácil para os rivais, uma vez que o negócio de entregas no Brasil consome muito caixa. Recentemente, o Uber Eats disse que não vai mais operar o seu serviço de entregas de restaurantes no país.

Enquanto isso, até setembro de 2021, a Prosus, acionista do iFood, disse que o principal negócio de entregas do iFood está perto do limiar de rentabilidade.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar