iFood lança curso gratuito para formar professores em tecnologia; saiba como participar

O iFood lançou mais um curso de capacitação voltado para a tecnologia. Dessa vez, a empresa responsável por um dos maiores serviços de delivery no mercado, em parceria com a Resilia, vai formar 50 facilitadores de tecnologia por todo o Brasil.

publicidade
iFood lança curso de capacitação
Curso focado na capacitação de professores para a área de tecnologia (Imagem: Pexels)

O curso gratuito de 60 horas com um adicional de 8 encontros online almeja suprir a deficiência do ensino no setor tecnológico do país.

Diferente de outros cursos já disponibilizados nesse modelo, essa iniciativa busca pessoas que já possuam experiência em análise de dados, HTML, CSS, Python, Node JS, React e temas relacionados.

publicidade

E os alunos podem focar tanto em hard skills quanto em soft skills.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

O curso e suas fases

O projeto será divido em fases, onde na primeira todos os inscritos terão acesso aos vídeos, relacionados ao tema de aprendizagem por parte de adultos, e direito a um certificado de conclusão. Nessa fase, o material ficará disponível do dia 2 até o dia 20 de maio, período no qual os alunos também terão dois encontros com monitores para fazer uma troca de experiências e sanar quaisquer dúvidas.

Embora as vagas também sejam limitadas, essa primeira fase é uma ótima oportunidade de networking. Além disso, os 50 alunos que se destacarem garantirão a vaga na segunda fase do curso, que também fornecerá certificado, onde serão preparados para “dar aulas” nas respectivas tecnologias.

publicidade

A segunda fase acontecerá em uma forma mista entre encontros online e ao vivo e os participantes terão a chance de ser contratados pela própria Resilia para atuar na capacitação de jovens que estão se inserindo no mercado.

iFood lança curso de capacitação para suprir as necessidades do mercado

O iFood diz que a iniciativa vem como forma de prevenção de um possível “apagão tecnológico”, onde o número de profissionais da área será muito inferior ao número necessário para preencher as vagas no mercado, algo que já se pode observar hoje.

Muito se fala, hoje, na ameaça de um apagão tecnológico devido à falta de profissionais de tecnologia para preencher as vagas abertas no mercado. Isso acontece, em grande parte, porque existe uma diferença substancial entre o número de pessoas formadas em cursos de tecnologia (53 mil por ano) e a demanda por profissionais no mercado (159 mil por ano), de acordo com o último levantamento feito pela Brasscom (Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais), no final de 2021“, disse o iFood em seu post.

As inscrições já podem ser feitas ao preencher um formulário no portal da Resilia, na página específica para o projeto, a Escola de Facilitação.

O que você achou? Siga @bitmagazineoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Veja mais ›
Fechar